13/01/2017

Papo de Gibi: "Batman", "Mulher-Maravilha", "Juíz Dredd", "Hellblazer", Defeitos Gráficos, e Mais...

Esta coluna de "Papo de Gibi" traz a última RESSACA de 2016... Lançamentos do final do ano passado que recém estão chegando nas bancas de outros estados:

"Batman - Terra de Ninguém" Vol. 2, "Superman & Batman - Poder Absoluto" (com defeito gráfico), "Batman - Terra Um" (Vol. 2), "Mulher-Maravilha - Terra Um", "Authority 4" (FINAL), "Juíz Dredd - Assassinos Seriais", "Exterminador - Laços de Sangue", "Parker 2" (Darwyn Cooke), e "Hellblazer - Demoníaco 2"!

Confira abaixo:

"Batman - Terra de Ninguém" Vol. 2: A Eaglemoss atrasou as últimas edições dessa coleção que inicialmente seria direcionada pra assinantes, mas que teve distribuição regular em bancas comuns (aparentemente devido à um desempenho comercial aquém do esperado). A saga: "Terra de Ninguém" é uma coleção composta por 5 tijolões (sem contar o "Terremoto" ou "Cataclismo" - que deu início à série e é uma espécie de "Nº ZERO" da coleção)! O Vol. 2 da "Terra de Ninguém" possui 352 pág em capa-dura (R$ 89,99) e apresenta uma Gotham City isolada do mundo exterior devido às repercussões do terremoto que devastou a cidade e expôs o pior de seus habitantes nesse momento de dificuldade! 

"Juíz Dredd - Assassinos Seriais" + "Exterminador - Laços de Sangue": Tem gente demais em Mega-City Um! Esse é o pensamento dos facínoras que Dredd tem de enfrentar neste sangrento Vol, e estão todos decididos a reduzir a superlotação com requintes de crueldade! Os sociopatas matam por tédio, diversão, vingança... e até mesmo pelo senso de dever cívico. Este novo encadernado do "Dredd" (parte de uma série de encadernados do juíz que estão saindo pela Mythos) é assinado por John Wagner & Carlos Ezquerra (custa R$ 84,90 - mas pode ser facilmente encontrado na faixa dos 60 reais)! E o "Exterminador" se junta à "Arlequina" no especial que traz as ed. 11-16 da revista de Slade Wilson. Pra encontrar sua filha, ele aceita a missão de matar Amanda Waller (diretora do "Esquadrão Suicida")!

"Authority 4" (FINAL): Ao expandir sua área de atuação para os bastidores da política mundial, o Authority bateu de frente com os donos do mundo. Então, no auge de seus poderes, os integrantes do supergrupo vão ser atacados por forças que nunca imaginaram existir e derrotados num piscar de olhos. Em seu lugar, uma nova equipe com os mesmos poderes, uniformes parecidos, mas sem os subversivos ideais sobre justiça, igualdade e direitos humanos da anterior (ou seja, atuam dentro da folha de pagamento daqueles que acreditam dominar nosso planeta). O Vol. que encerra a série do "Authority" traz as ed. originais nº 22-29 (em 204 pág, capa-cartão, R$ 26,90)!  

"Batman - Terra Um" (Vol. 2) + "Mulher-Maravilha - Terra Um": Mais 2 edições da série: "Terra Um" (que já teve encadernados anteriores de "Batman" e "Superman"). No Vol. 2 do Morcego (com arte de Gary Frank) uma nova ameaça (que gosta de brincar de adivinhações) surge na cidade de Gotham (já conhecida por seus altos índices de crime e corrupção) e o leitor acompanha os primeiros passos da mitologia do "Batman" através de uma nova ótica. A ed. tem capa-dura, 164, R$ 29,90! Na mesma linha, a "Mulher-Maravilha" tem sua origem recontada por Grant Morrison & Yanick Paquette (uma das mais provocativas origens que a Princesa Amazona já teve). São 148 pág (R$ 28,90)!

"Parker 2" (Darwyn Cooke) + "Hellblazer - Demoníaco 2": A série "Parker" é uma adaptação pra HQs baseada nos livros de Richard Stark, e o Vol. 2 (continuação de "O Caçador") traz novamente a arte de Cooke (falecido no ano passado) e é um lançamento da Devir em capa-dura, 156 pág, R$ 59,90! Depois de acertar as contas com aqueles que o traíram, Parker está desfrutando do bom e do melhor. Até ser avistado por um dedo-duro que o entrega à Organização em troca da recompensa pela sua cabeça! Já em "Hellblazer", a fase "Demoníaco" (de Paul Jenkins) ganha seu 2º Vol: "Massa Crítica" (INÉDITO no Brasil) R$ 24,90. Um demônio com apetite por almas infantis foi afetado pela queda do Primeiro dos Caídos e alimenta um ambicioso plano para recuperar o outrora soberano… mas, para atingir seu objetivo, precisa de uma alma muito especial! 

"Superman & Batman - Poder Absoluto": Esta edição da "Coleção DC" (da Eaglemoss) traz um bizarro "defeito gráfico" (por assim dizer): Várias pág totalmente pretas (FOTO abaixo) sabe-se lá por qual motivo (cumprir "metas" pra fechar nº de pág? falha nos arquivos digitais? será que essas pág tomaram o lugar de algum material extra? são dúvidas que ficam no ar). O problema andou circulando em alguns grupos do face (e agradeço ao Marcelo Raider por ter me avisado)! Quanto à ed. em si, ela traz histórias da série estrelada pela dupla de medalhões da DC (e já publicadas pela Panini na revista: "Superman & Batman" entre 2005/2006). É Jeph Loeb & Carlos Pacheco (ou seja: é mais pra quem já conhece e aprecia o estilo do autor)!

Até+   

171 comentários:

  1. "Authority 4" (FINAL)estou lendo nesse momento e já adianto que pelo visto ela está se encaminhando para um final bem satisfatório assim como Planetary

    ResponderExcluir
  2. Oi leo essa do batman eu até gostaria mas o preço está caro

    ResponderExcluir
  3. Leo, vc comprou a Vampirella ? Recebi a minha, e apesar de ser um excelente material, acho que o preço ficou muito salgado pela quantidade de pgs. Um offset cairia bem para abaixar o preço. E a galeria de capas DEVERIA ser em cores, achei vacilo as capas virem em P&B.

    ResponderExcluir
  4. E aí LEO tudo tranquilo?

    Essa coleção "terra de ninguém" pra mim só falta o volume cataclimo, pois achei no sebo o volume 1 de "terra de ninguém" e o restante da saga no Batman premium da abril, do numero 1 ao 9 paguei 45 temers(este conteúdo abrange os volumes 2 a 5 da eaglemoss).Imagina pagar 360 temers nesses da eaglemoss?

    Batman terra um cofrei na fnac por 15 temers,estou esperando chegar.

    Mulher Maravilha vale a pena?

    Da coleção da dc grafich novel, tirando alguns volumes do batman e lja, somente me interessa a expansão que já esta saindo na Alemanha.Estes são os últimos volumes lançados:
    # 91 Kingdom Come (Part 2) (Lançamento: 2016/11/16)
    [conteúdo: Kingdom Come (1996) 3-4, All-Star Comics (1940) 3]
    # 92 Batman: Odyssey (Parte 1) (Lançamento: 2016/11/23)
    [conteúdo: Batman: Odyssey (2010) 1-6, Detective Comics (1937) 32]
    # 93 Batman: Odyssey (Part 2) (Lançamento: 2016/11/30)
    [conteúdo: Batman: Odyssey (2011) 1-7 & Batman (1940) 35]
    # 94 Legends (lançado 2016/12/07)
    [conteúdo: Legends (1986) 1-6 & Firestorm (1978) 1]
    # 95 Homem-Animal (lançado 14/12/2016)
    [conteúdos: Animal Man (1988) 1-5, estranho Adventures (1950) 180 (I)]
    # 96 The Flash: Terminal Velocity (lançado 2016/12/21)
    [conteúdo: The Flash (1987) 0, 95-100, The Flash (1959) 125]
    # 97th Teen Titans: The Return of Donna Troy (lançado 28/12/2016)
    [conteúdo: DC Especial: O Retorno de Donna (2005) 1-4, Titãs (1966) 1]
    # 98 Batman e os Renegados (lançado 2017/04/01)
    [conteúdo: The Brave and the Bold (1955) 200 (III), Batman e os Renegados (1983) 1-5 e Raio Negro (1977) 1]
    # 99º Justice League: Ascensão e Queda (lançado 2017/01/11)
    [conteúdo: Justice League: Rise and Fall Especial (2010) 1, Arqueiro Verde e Canário Negro (2007) 31-32, Justice League: The Rise of Arsenal (2010) 1-4, mais divertimento Comics (1936) 89].

    Abs.
    David

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua ideia foi a mesma que tive, David.

      Eu também farei a mesma coisa, pegar Batman Terremoto E Terra de ninguém vol 1 dos tijolões e é isso. Ficarei com minhas Batman Premium e assim completar a saga "toda" em formato americano. Vai faltar algumas histórias que nas Premium foram puladas, mas mesmo assim eu já fico satisfeito, pois as histórias mais importantes pra trama e pro entendimento estão lá. Fica ai uma dica pra quem quer ter essa enorme saga do Batman, mas tá precisando economizar.

      Abraço!

      Excluir
    2. Eu vendi minha coleção de Batman Premium inteira, junto com todos os formatinhos anteriores também.

      Terremoto, Terra de Ninguém, Contágio, Legado e até a Queda do Morcego, considero essas sagas noventistas do morcego muito cansativas, me forcei a ler até o final todas elas.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  5. E aí, Leo,

    tenho o Batman Terra Um e tá bem bonito. No aguardo da Maravilhosa.
    Dredd e Parker vou sair a catar.
    Valeu!

    ResponderExcluir
  6. "Authority 4" (FINAL)estou lendo nesse momento e já adianto que pelo visto ela está se encaminhando para um final bem satisfatório assim como Planetary"


    E aí, Marcelo... blz?

    Esse será o final oficial da fase mais consagrada da equipe (é a parte q as editoras gostam de republicar)... Pois a série continuou mais um pouco lá fora (acho q com numeração zerada/reiniciada e com NOVA equipe criativa): Mas não foi mto bem das pernas e costuma ser ignorada pela mídia e pelos leitores! É q nem "Os Supremos" (da linha Ultimate): O pessoal só meio q considera mesmo os 2 tijolões da fase Millar/Hitch, hehe!

    Mas aqui no Brasil... Parece q o próximo passo da Panini (em relação ao "Authority") será publicar os spin-offs ("KEV" e "Meia-Noite" - Essas 2 assinadas pelo Garth Ennis)! Mas ainda preciso confirmar certinho essa informação antes de divulgar nas matérias sobre as novidades de 2017 (q tô preparando pra semana q vem)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  7. "Oi leo essa do batman eu até gostaria mas o preço está caro"


    E aí, Jaspion... blz?

    Tbm achei q esse formato de capa-dura custando 90 reais... Ficou caro demais e inadequado pra sagas tão extensas. Pois imagine só, contando com o "Terremoto", serão 6 edições a esse preço. Ou seja: Estamos falando de R$ 540 (complicado, né)?

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E nem se está levando em consideração a qualidade da história...

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  8. "Leo, vc comprou a Vampirella ? Recebi a minha, e apesar de ser um excelente material, acho que o preço ficou muito salgado pela quantidade de pgs."


    E aí, BOND... blz?

    Eu ainda não consegui comprar a "Vampirella" (no momento, estou em fase de recuperação das minhas contas após os gastos gerais q tive do natal pra cá). Mas pretendo sim, comprar essa ed. da "vampi" (possivelmente: peneirando algum BOM desconto)!

    Mas tbm acho q a Mythos podia ter pensado em usar o mesmo formato da "Cripta": Capa-cartão e preço mais em conta (qq 20 ou 30 pila a menos já ajuda). Eu até preferia, pra poder padronizar com as "Criptas" na estante. Mas foi vacilo mesmo não terem publicado as capas internas coloridas (tenho q confirmar com um amigo meu q tem as importadas pra ver se lá fora saiu P&B tbm)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comprar sem folhear, é o pior problema do comercio on-line.

      Graças ao seu aviso BOND, já risquei a edição da minha lista de futuras aquisições.

      Publicar uma galeria de capas (onde todas eram pintadas) em P&B é muito desestimulante. Imaginei que fariam como em Conan: O Libertador.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  9. "Mulher Maravilha vale a pena?"


    E aí, David... blz?

    Bem, eu não cheguei a ler ainda essa ed. da "MM"... Mas dei uma olhada nos scans e gostei do q vi: A arte tá bonita e me pareceu interessante no geral. Essa é uma q eu pretendo comprar se conseguir algum desconto legal por aí!

    Qto às demais ed. da DC/Eaglemoss (não sabia q a EXTENSÃO da coleção já tava num estágio tão avançado na Alemanha)... Devo ficar com: "Batman - Odissey", "Legends" (1986), e "Titãs - O Retorno de Donna Troy"!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se nem na fase atual, temos a confirmação de todos os títulos que faltam ser lançados, imagine ficar se planejando em cima do que é anunciado na extensão alemã.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    2. Caindo no assunto. Li MM ano um, e apesar de não conhecer nada do assunto para comparar, eu até que curti bastante a historiw, mesmo que eles tenham distorcido alguma coisa, principalmente com relação a origem de Diana. Eu não me arrependi de tê-la comprado.

      Excluir
  10. "tenho o Batman Terra Um e tá bem bonito. No aguardo da Maravilhosa."


    E aí, Lierson... blz?

    O "Batman" eu perdi o Vol. 1 (mta gente me recomendou, mas na época eu tava com a grana contada e tive q deixar passar): Agora, só poderei comprar esse 2º depois de conseguir o 1º (meio q tô em negociações com um camarada meu q tem um lacrado pra vender)!

    Já a "MM"... Eu baixei o scan e achei bem legal: Pretendo comprar sim essa ed. qdo aparecer nas lojas daqui!

    Abs!

    ResponderExcluir
  11. Esse novo Authority lembrou os Seven,do The Boys.Bando de fdp.

    ResponderExcluir
  12. Esses tijolões do Batman são um perfeito exemplo de tiro no pé editorial. Entrou com um produto de qualidade duvidosa e preço elevado em um mercado já saturado. Isso sem contar o pé atrás que todo mundo já tem com essa editora. No dia em que estiver no saldão de encalhe, talvez eu avalie a compra. rs

    Tem gente demais em Mega-City Um e também edições demais do Dredd nas prateleiras. Esperem eu terminar de ler as minhas primeiro! rs

    Esse Exterminador continua o volume anterior? O primeiro eu achei legal, apesar dos indícios claros de ter sido escrita por um viciado em "God of War".

    E com o lançamento do "Authority 4", chegou a hora de fazer uma maratona da série...

    Gostei do Terra Um do Batman a ponto de querer ler o 2, mas não a ponto de mantê-los na coleção. Em breve no Mercado Livre perto de você. O Superman eu não li, não tenho vontade mas a Mulher Maravilha eu estou tentado a dar uma chance.

    Parker? Além do amigo da vizinhança, só conheço o Ken. E essa capa do Hellblazer mais do que justifica o título "demoníaco".

    Superman & Batman? Alimento para vermes, se é que você me entende...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse PARKER faz parte de uma série de quatro adaptações em quadrinhos do Darwin Cooke (é o seu projeto de cabeceira) dos livros escritos por Richard Stark.

      É quadrinho policial (bandido, no caso) da melhor qualidade.

      O preço é salgado, mas a encadernação primorosa.

      - - -

      Ele é um personagem muito adaptado para o cinema também, já ganhou três filmes, com o personagem sendo vivido pelo Lee Marvin (Point Blank), Mel Gibson (O Troco) e Jason Statham (PARKER).

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  13. Saberia me dizer se a Mythos continuará As Crônicas de Conan?

    ResponderExcluir
  14. Esse cataclismo + terra de ninguem vale apena? sao ""só os 5 volumes"" ou tm mais depois?

    Daniel sam

    ResponderExcluir
  15. Oi Leo!

    Esse "problema gráfico" das páginas totalmente pretas também está presente na edição de "Crepúsculo Esmeralda"! Eu já nem sei mais o que dizer sobre estes problemas em relação à Salvat ou Eaglemoss, já que sempre tem algum problema nas publicações, e sempre tem a mesma "desculpa esfarrapada" de ambas "que trabalharão para que tais erros não se repitam"!Pura lorota!

    "Terra de Ninguém" aqui só chegou a Edição n°02, e já vi que chegou a n°04 no site da Eaglemoss. Só espero que não cheguem as duas juntas por aqui, algo muito corriqueiro na distribuição da Editora!

    Na minha opinião ainda que com o preço meio salgado vale a pena comprar esta saga que teve muitas, mas muitas histórias puladas pela Abril na época de sua publicação no Brasil.

    Eu sempre tive a sensação que a saga foi muito corrida, e com momentos muito desconexos em uma história e outra! A minha desconfiança era verdadeira e isto se provou real com a publicação deste material!

    Hellblazer, eu estou lendo agora, e estou gostando desta fase do Paul Jenkins, com esta capa aterradora e magnífica ao mesmo tempo!Mais uma para a lista das melhores do ano!!

    "Mulher Maravilha-Terra Um", eu comprei pela FNAC e estou esperando chegar, mas li por scans, e achei melhor que o Batman e Superman

    "Exterminador" é uma das piores coisas que eu li na década! Sério mesmo, é muito, mas muito ruim!!

    Li, quando saía na falecida revista do Arqueiro Verde, onde teve um lance de rejuvenescer o vilão, e fazer ele recuperar o olho danificado. Olha, uma grande merda, que me fez passar longe destes encadernados do personagem!

    Tony Daniel é um bom desenhista porque como escritor...

    "Batman e Robin Eternos" é quase tão ruim como estas histórias do Exterminador feitas por ele, e olha que "quase" não é um elogio, é apenas um pequeno eufemismo!

    Não gostei do Rocket Racoon que saiu pela Eaglemoss, pois, achei a pintura dele nada a ver com o original, deixando ele bem distante do personagem dos quadrinhos/filmes!

    http://lojaeaglemossbrasil.com.br/eaglemoss/produto/Colecao-Marvel-FactFiles-Rocky-Racum-Edicao-03.aspx

    Abraços!

    ResponderExcluir
  16. Batman Terra Um, foi um ótima alternativa pra fugir dos Novos 52, mas continuar acompanhando o Cruzado Embuçado.

    Espero que essa iniciativa perdure por muitas edições ainda.

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
  17. "Várias páginas totalmente pretas... sabe-se lá por qual motivo..."

    Olá Leo,

    É totalmente injustificável, a publicação de páginas sequenciais sem texto ou imagens, (sejam pretas como estas, ou brancas como narrou o Sr. Lenimar em post anterior) para completar a quantidade necessária à encadernação.

    Que se dessem ao trabalho de encomendar uma matéria falando da trajetória do personagem, da fase contida na edição, biografias dos autores, galeria de capas etc...

    Isso é enganar o consumidor, que paga por conteúdo. Independente da qualidade do mesmo, que lógico, fica a critério do gosto de cada um.

    Absurdo essa atitude da editora.

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
  18. Oi Leo!

    Como se não bastasse os erros, a Eaglemoss já aumentou o preço da Coleção de encadernados da DC para R$ 50,00, a partir da edição da Arlequina!

    Saiu o Shane do Walking Dead que é o Justiceiro atual na Neetflix. Dá para customizá-lo como Frank Castle.

    http://lojaeaglemossbrasil.com.br/eaglemoss/produto/Produto-8562.aspx?oid=5226

    Abraços!

    ResponderExcluir
  19. "E nem se está levando em consideração a qualidade da história..."


    E ainda tem mais essa, VAM...

    Sei q mtos leitores do "Batman" gostam dessa saga e sei q ela é considerada um marco importante na cronologia antiga (q pra mim ainda vale mais q a nova pós-52)... Mas cá pra nós: Tá longe de ser um material q necessite de tanto luxo e preços elevados. Imagino q uma coleção com capa-cartão nos moldes da "XM - Era do Apocalipse" já estaria de bom tamanho!

    Abs!

    ResponderExcluir
  20. "Publicar uma galeria de capas (onde todas eram pintadas) em P&B é muito desestimulante. Imaginei que fariam como em Conan: O Libertador."


    Oi, VAM... Tdo depende da fonte original de onde tiraram as histórias:

    Eu tbm não gostei nem um pouco das capas internas da "Vampirella" terem vindo em P&B... Mas tbm não conferi ainda se os "archives" originais dela eram assim tbm ou se lá fora as capas eram coloridas? Não consegui falar com aquele amigo meu q tem as importadas pra tirar essa dúvida!

    Abs!

    ResponderExcluir
  21. "Se nem na fase atual, temos a confirmação de todos os títulos que faltam ser lançados, imagine ficar se planejando em cima do que é anunciado na extensão alemã."


    Sim, por enquanto ninguém garante q a coleção DC venha a ter uma extensão no Brasil... Mas já é bom termos agora pelo menos uma "noção" do q ainda está (ou estaria) por vir, hehe!

    Por exemplo: Isso já é uma luz no fim do túnel pra "Batman - Odissey" (se bem q até lá a Eaglemoss deve estar custando uns 100 reais por edição, hahaha)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  22. "Esse novo Authority lembrou os Seven,do The Boys.Bando de fdp."


    Pior q lembra mesmo, Renato...

    Aliás, esse é um dos motivos por eu não curtir mto a equipe do "Authority" (são mto "autoritários" e antipáticos mesmo, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  23. Chegou meu Conan o libertador e a galeria de capas no final é colorida.

    ResponderExcluir
  24. Decepcionante é pouco esse aumento das miniaturas (54,99 pra 59,99) e DC Graphic (44,90 pra 49,90). Parece que voltamos a inflação da crise dos tigres asiáticos 1998-2000).

    ResponderExcluir
  25. Infelizmente a coleção DC é desbalanceada. Não tem Shazam, Aquaman, e arcos da sociedade da justiça e outros heróis só estão na expansão. Com esses aumentos acho que não teremos a expansão que é mais interessante que a fase atual.

    ResponderExcluir
  26. A coleção do Carl barks está por metade do preço na Amazon. Fiquei me sentindo um trouxa por ter pego na banca. Bem vindo a modernidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma dica Alexandro , essas edições da Disney smp entra em promoção na Amazon. Basta ter um pouco de paciência

      Excluir
  27. "Esses tijolões do Batman são um perfeito exemplo de tiro no pé editorial. Entrou com um produto de qualidade duvidosa e preço elevado em um mercado já saturado. Isso sem contar o pé atrás que todo mundo já tem com essa editora."


    E aí, SEMI... blz?

    Pois é, fica difícil de acreditar q a Eaglemoss tenha feito realmente um planejamento comercial SÉRIO pra essa coleção... Pois ela vai contra todas as probabilidades mais básicas de sucesso no mercado, rs!

    Começa q a própria editora já não tem lá mta credibilidade (e tá longe de ser das mais queridas e populares dos leitores e colecionadores em geral) pra arriscar uma coleção desse porte. E escolheu um formato inadequado pra realidade do brasileiro médio (mais de 500 reais numa saga? definitivamente, é pra poucos)!

    Enfim... correram o risco, e aparentemente se deram mal nessa empreitada. Faz parte, tbm tenho corrido riscos (alguns bastante altos) nos negócios q faço na minha empresa (Teorema): Porém, os riscos q eu corro são calculados antes (só me arrisco a perder dinheiro se entre as probabilidades houver uma boa chance de sucesso - justamente o cálculo q parece ter faltado pra eaglemoss, rs)!

    Qto ao "Exterminador"... Essa ed. dele com a "Arlequina" é continuação direta sim do especial: O "Assassino de Deuses" (q trazia as ed. 7-10). Lembrando q as 6 primeiras saíram no mix da revista do "arqueiro"!

    Tem outro "PARKER" conhecido (sub-celebridade) tbm: O "Capuz" (marginalzinho q ganhou poderes e q a Marvel vem tentando emplacar nos gibis - sem mto êxito)!

    E "Superman & Batman" é RAÇÃO pra vermes, hehe... E é a prova definitiva de q um gibi não precisa ser BOM pra vender bem (basta ter os medalhões certos no título, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até hoje aquele encadernado capa dura do Capuz está na minha wishlist como "complemento de frete". Ainda não precisei e ele continua pra escanteio. rs

      Excluir
  28. "Saberia me dizer se a Mythos continuará As Crônicas de Conan?"


    E aí, ps3psp... blz?

    Sim, parece q o Vol. 2 das "crônicas" já tá em fase de produção pra ser lançado este ano (o 1º vendeu bem)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  29. "Esse cataclismo + terra de ninguem vale apena? sao ""só os 5 volumes"" ou tm mais depois?"


    E aí, Daniel... blz?

    Olha, sendo bem sincero... Por esse preço (mais de 500 reais a série completa) não acho q valha a pena não (pois com essa grana vc compra toneladas de gibis melhores e mais interessantes)!

    Porém, se vc for MTO fã do "Batman" e achar q vale o sacrifício no preço (ou conseguir algum bom desconto por aí)... Vc terá em mãos uma saga com seus altos e baixos (anos 90) mas com importância cronológica pro universo do morcego antes do reboot dos 52! Ou seja: É tudo uma questão de botar todas essas considerações na balança!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hum. Não sou tão fa do batman, apenas vusco uma boa historia. Vou seguir seu conselho. Somente comprar se conseguir um bom desconto. Vom mesmo, tipo 40%... Abraçao
      Danielsam

      Excluir
    2. Ainda há o risco que se outra editora publicar uma coleção do Batman de 60 ou 70 volumes no molde da que a Deagostini publicou em outros países vir com esse material em repeteco (como não acho que a Deagostini desistiu desse mercado com o fim da coleção Star Wars acho bem possível que ela mesma lance algo semelhante por aqui)Cesar Leal

      Excluir
  30. "Esse "problema gráfico" das páginas totalmente pretas também está presente na edição de "Crepúsculo Esmeralda"! Eu já nem sei mais o que dizer sobre estes problemas em relação à Salvat ou Eaglemoss, já que sempre tem algum problema nas publicações, e sempre tem a mesma "desculpa esfarrapada" de ambas "que trabalharão para que tais erros não se repitam"!Pura lorota!"


    Oi, Elcio... Tdo bem?

    Puxa, eu não sabia q esse problema das pág totalmente pretas tbm rolava nessa ed. do "Lanterna" (baixei o "crepúsculo" em scans pra poder escrever uma matéria sobre a saga aqui pro blog): Mas da minha parte, tbm acho q essas 2 editoras (Salvat/Eaglemoss) já não tem mais salvação - Ambas são incompetentes e irresponsáveis em suas gestões e desonestas com o leitor (prometendo melhoras e revisões q NUNCA conseguem cumprir)!

    Eu ainda compro uma ed. ou outra (de forma BEM esporádica) dessas coleções DESDE Q eu não descubra antecipadamente erros ou defeitos nelas. Eu noticio aqui neste espaço os lançamentos e avalio o conteúdo de mtos dos encadernados da Salvat/Eaglemoss, mas sempre aviso os leitores dos riscos e apresento os problemas e polêmicas em torno de certas edições. Acho q nessas horas a mídia (da qual este blog faz parte) tem a função de manter o leitor bem informado sobre tudo q rola no mercado de HQs (sem se omitir diante dos pontos positivos e negativos das publicações)! Aí, cabe ao leitor decidir de vale realmente a pena seguir adiante com as informações q possui sobre o material!

    Já me perguntaram algumas vezes (até em postagens anteriores) se valia a pena comprar a saga: "Terremoto/Terra de Ninguém"? A resposta pra essa dúvida depende de vários fatores: O 1º deles é saber se o leitor tem recursos financeiros pra investir nessa coleção (q custa mais de 500 reais ao todo). Em seguida, saber o qto ele é fã do "Batman" pra fazer o sacrifício orçamentário referente à esse valor (eu, por exemplo, gosto mto do morcego: mas achei o investimento pesado - pelo menos diante de outras alternativas e prioridades q estão pra sair nas bancas e lojas em breve)! Vai dos critérios seletivos e poder econômico de cada um mesmo (não tem outro jeito nesse caso, hehe)!

    E obrigado pela informação... Pois eu não sabia q a Abril tinha retalhado TANTO assim a "Terra de Ninguém". Q coisa, né? A Abril podia ter lançado na época algum "almanacão" pra não deixar de fora histórias q comprometessem o entendimento de uma saga dessa extensão!

    Qto ao "Exterminador"... Li apenas o 1º arco (em scans) e achei bem ruinzinho tbm: Nem quis ler o resto (mas acho difícil q tenha melhorado)!

    Por fim... Tbm não gostei desse "Guaxinim" da linha Fact Files (nada a ver esse visual q escolheram): Sou mais o q eu tenho em custom (q comprei do Rafael Rosa - LINK abaixo):

    https://4.bp.blogspot.com/-53l1DafkQD8/V2y7IuobGTI/AAAAAAAAbFo/l5d4zWEDwng3WcS5m9TO_mnX6zkGgdGWgCLcB/s1600/RR%2B1.jpg

    Abs!

    ResponderExcluir
  31. "Batman Terra Um, foi um ótima alternativa pra fugir dos Novos 52, mas continuar acompanhando o Cruzado Embuçado."


    Bem nessas, VAM...

    Pois tbm conheço mtos amigos leitores q querem continuar lendo histórias NOVAS do Batman mas SEM entrar nos "Novos 52" (alguns se arriscaram apenas em encadernados fechados tipo: "A Corte das Corujas"). Mas a ideia de séries fechadas fica mais atrativa pra quem quiser fugir da cronologia atual. Nesse caso, "Batman DK3" (do Miller) tbm veio bem a calhar!

    Abs!

    ResponderExcluir
  32. "Que se dessem ao trabalho de encomendar uma matéria falando da trajetória do personagem, da fase contida na edição, biografias dos autores, galeria de capas etc..."


    QQ coisa mesmo... Seria melhor q essas pág "mortas" no miolo!

    Eu até acho q com esse espaço livre, o melhor ainda seria tentarem embutir alguma HQ clássica (daquelas curtinhas de umas 10 pág)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leo, blz?

      E se eu te disser que esse volume 2 de Terra de ninguém também tem umas páginas pretas entre as capas que vêm de extras no final da edição, vc acreditaria? haha
      Pois aconteceu! Acabei de ver!
      Cresci lendo Batman nos anos 90, por isso acabei começando essa coleção absurdamente cara aí da eaglemoss por puro saudosismo, mas essa empresa é terrível mesmo!

      Abraço!
      Diego.

      Excluir
  33. "Como se não bastasse os erros, a Eaglemoss já aumentou o preço da Coleção de encadernados da DC para R$ 50,00, a partir da edição da Arlequina!"


    Bah, fiquei sabendo hj desse NOVO REAJUSTE de preço da "Coleção DC", Elcio:

    E tbm nem sei mais o q dizer dessa editora... A coleção mal tá chegando na metade e já sofreu vários aumentos! Imagine qto estará custando até o final, hein? hahaha!

    E gostei mto da sua ideia de fazer o "Shane" de Walking Dead virar uma miniatura do "Justiceiro" (excelente ideia)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dessa coleção DC eu só comprei as edições da Mulher Gato (minha personagem favorita junto com Psylocke e Mulher Maravilha), e quero comprar Flash do Mark Waid numa história contra o Flash Reverso que vai sair e Mulher Maravilha Petrificada do Greg Rucka. Agora com esse preço subindo cada vez mais, to na duvida se compro mesmo. Acho abusivo demais esse valor. O dolar pode tá alto ou baixo, pra eles não interessa. O mesmo pras miniaturas.

      Excluir
    2. Comprei também dessa coleção Batman Trilogia do Demonio vol 2, acabei não citando. O vol 1 não comprei ainda, mas vou ver depois, já tenho o filho do demonio do W Barr em encadernado e a noiva do demonio escrita por ele também que vem nesse volume acho bem legal. Vou ver se compro e vendo o encadernado do filho.

      Entrando já nesse assunto kk Acho o melhor da trilogia o Nascimento do Demonio pelo Denny ONeil, que conta a origem do Ras Al Ghul. É uma história muito boa. Se não leu, recomendo!

      Filho do Demonio acho meio fraca, poderia ser muito boa, pois a ideia é interessante. Mas tem umas falhas de execução do Barr e tem coisas na história que descaracterizam muito o Batman. Ele se alia ao Ras muito rápido, e nessa altura ele já sabia quem o Ras era. Fora que ele age com bastante egoismo e de uma forma bem estranha ao longo da historia. Parece que a história foi apressada e as coisas não foram desenvolvidas como deveria.

      Eu acho o Mike W Barr um bom roteirista, ele tinha idéias diferentes pro Batman naquela época. Eu ache a fase dele no Batman boa no geral. Mas acho que ele falha em algumas execuções em histórias tidas como clássicas: como Filho do demonio e em Batman ano dois (essa é muito ruim).

      Acho que quem torna essas histórias clássicas são o pessoal do oba oba kk Que fazem listas por ai e colocam essas como clássicos do morcego. E estou falando isso como um grande fã do Batman (meu personagem favorito da DC Comics).

      Abraço!

      Excluir
    3. Nascimento do Demônio, futuramente tem mais chance de sair pela Panini, do que no passado.

      Isso por conta da boa receptividade das Lendas do Breyfogle, já que a arte pintada da história é assinada por ele.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    4. Tomara que seja mesmo. História muito boa, e com mais de 100 páginas.

      A Panini tinha que acordar pra mais clássicos do Batman. Batman Cavaleiro das Trevas, Cidade das Trevas do Milligan, Veneno do ONeil, Gotich do Morrison, e outros.

      Abraço!

      Excluir
  34. "Chegou meu Conan o libertador e a galeria de capas no final é colorida."


    Valeu mesmo, Alexandro... Eu não sabia q já tavam distribuindo essa ed. do "Conan" (essa vai ser COFRE certo pra mim)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estava por R$ 100,00 no Amazon.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  35. "Decepcionante é pouco esse aumento das miniaturas (54,99 pra 59,99) e DC Graphic (44,90 pra 49,90)."


    Tbm acho q esses novos reajustes irão afastar ainda mais os leitores e colecionadores... E não entendo os motivos disso, já q o dólar não tá mais disparando q nem antes (a desculpa de aumento do dólar não cola mais)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A muito tempo que me admiro de ainda estarem conseguindo vender.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    2. Depois dessas idas ao sebo recentemente, comprei várias que serão da salvat preta, vermelha e eaglemoss.
      Vou me concentrar na DC mas com dor no bolso. Ficou proibitivo.
      Sempre que possível vou garimpar uma versão mas barata dos encadernados pra poder economizar.

      Excluir
  36. "Infelizmente a coleção DC é desbalanceada. Não tem Shazam, Aquaman, e arcos da sociedade da justiça e outros heróis só estão na expansão."


    A "Coleção DC" (na minha opinião) sofre do mesmo mal q a Salvat capa-preta... O melhor deixaram pra expansão, rs! Mas aí, o colecionador q quer ter tudo vai ter q esperar até lá (e mtos desistem pelo caminho com os reajustes constantes de preço)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  37. "A coleção do Carl barks está por metade do preço na Amazon. Fiquei me sentindo um trouxa por ter pego na banca. Bem vindo a modernidade."


    Pois é, Alexandro... A Amazon tá comendo gostoso as bancas e livrarias!

    Vai chegar um ponto (se é q já não chegou) em q vai ser inviável competir com a Amazon e cobrir os preços dela!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que costuma acontecer nos países atendidos por ela. Ela quebra as livrarias (não as bancas, nos países normais elas vendem produtos diferentes...) e aí passa a oferecer descontos menores porque não tem competição...

      França resolveu isso criando uma lei que limita os descontos.

      Excluir
    2. esta é a hora que eu tenho medo. Quando a Amazon conseguir quebrar bancas e outras livrarias eles irão ter o mercado em suas mãos para estipular o que vão vender (ou não) e ao preço que eles querem. Pode apostar que essas promoções vão acabar. Já que não haverá mais a concorrência, porque eu venderia pela metade do preço?

      Eu acho a concorrência algo sadio, mas o que a amazon faz é predatório. Critico isso, mesmo sendo um hipocrita, pois eu aproveito essas promoções. Vejo que tambem contribuo para o fim a qual eu temo.

      Excluir
  38. E ai Leo blz ? Faz muito tempo que não comento aqui más vejo todos os comentarios . Sobre isso reparo que o pessoal reclama muito re re dizem que tal editora é ruim que outra é isso ou aquilo eu tenho 29 anos não acompanhei muito a epoca da Abril , por isso te pergunto se naquela epoca tivesse internet como seria ?? E outra será que essas reclamaçoes interferem nas vendas , ja que todos os " dias " tem serie nova nas bancas .

    ResponderExcluir
  39. "não acompanhei muito a epoca da Abril , por isso te pergunto se naquela epoca tivesse internet como seria ??"


    Oi, Elias... Tdo bem?

    Obrigado por estar acompanhando os comentários do blog... E sinta-se à vontade pra participar mais vezes tbm, blz? Sua opinião é sempre bem-vinda por aqui!

    Qto à Editora Abril... Eu diria q ela foi mto favorecida na época pelo fato de não existir internet e o leitor em geral ser mal-informado dos cortes, mutilações, adulterações, e pulos de histórias q a Abril fazia. A Abril criou uma cronologia própria pra "alinhar" dos diversos títulos Marvel num mesmo momento. O leitor dos anos 80 não reclamava tanto pq não sabia das atrocidades q a editora cometia. "SE" soubesse, com certeza a Abril teria sido fulminada de reclamações e críticas por todos os lados!

    Eu mesmo, falando por mim... Adorava os gibis da Abril na época. Eu era moleque na década de 80 e colecionava todos os gibis. Na minha ingenuidade de leitor adolescente e sem acesso à informação, os gibis me apreciam maravilhosos, embora eu percebesse coisas estranhas (como flashbacks e menções à histórias e acontecimentos q eu desconhecia - por terem sido pulados pela editora)! Somente com a internet (na 2º metade dos anos 90) é q eu finalmente descobri a verdade sobre a Abril!

    No mais... Não sei o qto as reclamações interferem nas vendas, mas algum reflexo deve ter: Já q mtos leitores hj em dia ainda procuram se informar antes de comprar um gibi. Acho q o importante é o leitor se manter sempre bem-informado sobre aquilo q consome (pra q casos q nem o da Abril jamais voltem a acontecer pela falta de informação)!!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade ... fora que hoje na média os quadrinhos são bem mais caros !

      Excluir
    2. Sim, tem isso tbm... No meu tempo de moleque eu conseguia comprar quase todos os gibis q eu queria apenas com parte da mesada, rs! Hj em dia não é bem assim q a coisa funciona (haja mesada)!

      E desculpe os erros de digitação e revisão acima (fiquei parecendo o revisor da Salvat, rs)!

      Abs!

      Excluir
    3. Cara naquela época eu comprava 4 ou 5 HQS por mês, pois era bem barato comparado com hoje. Hoje se tu comprar 3 hqs de 25 reais cada tu já gasta mais de 70 reais.

      Eu curtia muito as publicações da Ed.Abril. Só quando adentrei no mundo da internet é que descobri que as histórias em sua maioria eram cortadas, etc. E fiquei bem puto kkk Hoje em dia, como te falei uma vez Leo, eu nem curto muito os formatinhos mais, gostaria de mudá-los pra formato americano kk

      Excluir
    4. Eu era criança na época da Abril. Só lia Homem Aranha naquela época. Mas nunca me esqueço do choque que levei quando peguei uma Biblioteca Histórica Marvel na mão e tive noção de como eram as capas originais, com letreiros e balões de texto chamativos. Pra gente não vinha nada disso. Vinha a imagem seca e a Abril metia o texto como preferia, na fonte (feia!) que quisesse. E a gente era feliz por causa dessa ignorância...

      Excluir
  40. Beleza, Leo?

    Finalmente a Panini anunciou a republicação de Hellblazer Origens em? Eu devo comprar só o número 1 e 2. Na época que saiu eu acabei não comprando. Preferi investir só na fase do Ennis (que viria). Mas li tudo emprestado e sinceramente, curto muito o Delano, principalmente seu trabalho em Homem Animal (o melhor dele pra mim), mas não curto muito Hellblazer dele. Pra mim o melhor arco é o primeiro, e pra mim ele encerra no vol 10 da revista, com o John pegando uma pasta com o caso Newcastle. Acho um fim melhor do que o que realmente foi feito. O final do arco, onde ele vence o Nergal (o número 12) é bem meia boca. Acho que vou deixar sem esse final kk, o final pra mim vai ser ele pegando o arquivo Newcastle mesmo. Pra mim Newcastle que é um horrivel acontecimento que persegue o John em todas as suas fases, funciona melhor sem ser visto. Pra mim funciona melhor como uma historia oculta, sempre mencionada, mas não mostrada. É como encaro, mas isso é na minha visão particular.

    Outra parada, a Panini tá falando muito em um relançamento do MP do Alan Moore. Na boa, se eles relançarem com papel LWC e em capa dura, igual tão fazendo com a fase do Veitch, eu vou xingar muito. E vai ser uma grande sacanagem com quem comprou a série completa com o papel pisa brite. Nós sabemos que com o pisa tem que ter muito cuidado, pois ele pode amarelar as folhas com o tempo se você não souber armazenar direito. E é claro que qualquer fã do MP do Moore (como eu) vai comprar com certeza uma versão com papel LWC. Mesmo que coloquemos pra venda a coleção com pisa brite, sabemos que não vamos conseguir nem metade do valor que gastamos pra comprá-la. Na boa, se relançarem com papel melhor vou ficar puto demais.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Camus... blz?

      Pois é, concordo com vc q a melhor parte do "Hellblazer" do Delano é o começo (Vol. 1 e 2)... Peguei essa fase até o Vol. 5, mas confesso q a saga da "Máquina do Medo" (q ocupa 2 edições) é legal mas não indispensável!

      Qto ao "MP do Moore"... Pelo q ouvi falar, o plano seria lançar uma futura reedição de luxo em capa-dura sim. Mas nada disso foi confirmado ao certo ainda e se eu tivesse certeza absoluta eu já ia tentar passar adiante as minhas ed. em pisa-brite, rs! Porém, não me livrarei delas sem ter a confirmação certeira de q isso irá mesmo rolar. O tal boato tbm envolve a versão em capa-dura de "Miracleman" (onde a Panini tentaria "empurrar" junto o MP luxuoso pra encher os olhos dos fãs do Moore, rs)! Sei não, acho bem possível q façam isso sim (e quem anda falando isso é gente envolvida com os lances) mas hj em dia só acredito MESMO depois q o material entrar em pré-venda ou estiver cadastrado no ISBN (tudo fora isso corre o risco de não acontecer)!

      Abs!

      Excluir
    2. Camus, entendo sua frustração, mas você fez uma escolha ao decidir comprar o MP em pisa, EU por outro lado preferi deixar passar esperando por uma possível encadernação em LWC.

      Assim como não comprei o Miracleman preferindo esperar o mesmo material em um possível e único encadernadão.

      É questão de apostar as fichas, companheiro.

      Você pode apostar novamente, colocando pra vender agora, mesmo sem saber se a Panini irá realmente republicar. Como é incerto, acredito que você ainda consegue o mesmo valor que pagou na coleção.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    3. Vc tem razão, VAM... qdo fala q tentar vender a coleção do MP agora ainda é possível recuperar o investimento INTEGRAL!

      Falo isso, pq já tem ed. esgotadas do MP e mesmo em pisa-brite ainda são mto procuradas poraí... Quem botar pra vender um pacote fechado com as 6 ed. mesmo pelo preço de capa, tem boas chances de vender! Porém, é um RISCO a se considerar caso não saia depois uma ed. luxuosa (q tbm pode acabar saindo por um preço abusivo q poucos poderão pagar): São vários pontos a se pensar, rs!

      Abs!

      Excluir
    4. Olá, Leo e Vam.

      Sim, Vam, eu sei disso, pensei em deixar passar assim como você quando foi lançado a 2 ou 3 anos atrás. Mas comprei achando que poderia acontecer de não ser relançada em papel melhor. Nós ainda não sabemos se vai mesmo sair em LWC, e se sair, pode custar bem caro se eles virem com um ou dois tijolões, como bem disse o Leo.

      Miracleman eu deixei passar também e se sair um formato encadernado eu quero comprar.

      Concordo contigo Leo, se colocar a coleção pra vender agora talvez até consiga pelo preço de capa mesmo todas e recupere o investimento. Mas na boa, é algo incerto, pois tem muita gente que tem uns 3 ou 4 números e só quer os mais raros agora pra achar. Cara é complicado essas coisas, pois você fica numa sinuca de bico. Se sair em LWC eu vou me sentir bem prejudicado, por essa incerteza em recuperar o dinheiro gasto antes. E na boa, se a Panini mandar em LWC, vai pegar muito mal. Vai ficar uma parada mercenário demais. Eles disseram que lançaram em pis pra preservar as cores foda da Tatjana Wood, vamos ver se isso era verdade.

      Só sei que essa parada é complicada demais. Claro que eu queria em LWC, mas po, como fica o meu gasto e o gasto de um monte de ente que comprou a anterior? O mesmo pra Hellblazer Origens que a Panini já ta dizendo que pode republicar em LWC agora. Eu não comprei em pisa, mas penso em quem comprou na época e que vai ficar puto se sair em LWC agora.

      Abraço!

      Excluir
    5. Na extensão da coleção Eaglemoss DC na Alemanha vão sair duas edições do Mostro de Moore será que já não é a Panini com seu esquema de bis e idem no mercado?
      Cesar Leal

      Excluir
    6. Existe uma terceira opção que a experiência e os heróis verdes me ensinaram.

      Você não precisa se desfazer do MP de papel xexelento agora pelo preço de capa. Melhor passa-lo adiante daqui a uns três anos pelo dobro do preço quando ambas as edições (lwc e pisa-brite) estiverem esgotadas.

      É o que vou fazer se "Hellblazer Origens" for relançada em lwc.

      Excluir
    7. Leo, O que o Levi sempre dá como desculpa de é que tem que esgotar as edições para poderem republicar.
      Essa tese de faz sentido quando passei a ver novamente o miracleman (7,8,9 e o anual) de volta as bancas. Tem acabar com essas "encalhadas" para fazerem isso.
      Como só me falta a 12 e 16, se essas voltarem as bancas dispensarei os encadernados.

      Excluir
    8. Cara não sei. Isso é muito incerto. Só esperando mesmo agora. MP do Moore você ainda hoje acha todos os números lacrados e pelo preço de capa no Mercado Livre. Você só não acha o número 1. Que geralmente em coleções é o número que sempre some mesmo. Até porque tem gente que compra só o vol 1 de coleções, e não continua. E isso claro ajuda a sumir.

      Acho dificil conseguir o mesmo valor que gastou, ainda mais por hqs usadas/abertas. Mas enfim. Aguardemos.

      Excluir
    9. Sobre oque o Cesar disse. Acho que não. Pois esses dois números se sairem, não devem coletar todo o material do Moore no MP. Se a Panini relançar em LWC mesmo vai ser por que eles querem mesmo. Eles alegaram que lançaram em pisa pra valorizar as cores foda da Tatjana Wood. Essa foi a desculpa que eles se agarraram. Vamos ver se isso é verdade.

      Excluir
  41. No tempo da abril a gente era feliz e nao sabia hoje e dia a gente fica com dor de cabeça por causa da internet

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, isso vale pra TUDO... A internet nos proporcionou mais informação e conhecimento (tirando as putarias e gracinhas q rolam, rs): E qdo a gente passa a entender melhor o funcionamento de algumas coisas, a tendência é ficarmos mais indignados e decepcionados com aquilo q acreditávamos ser verdadeiro!

      É por isso q eu acho engraçado qdo a Eaglemoss, por exemplo, tenta passar um caô... Sendo q uma rápida pesquisa em coleções no exterior já botam as mentiras deles por água abaixo, hehe!

      Abs!

      Excluir
    2. As vezes a ignorância é uma benção. rs

      Excluir
  42. Fala, Léo!
    Sobre a Eaglemoss....a empresa (queimada) deve ser e parecer honesta, assim como a mulher de César!
    Impressiona como um enorme potencial, com base de clientes de poder aquisitivo, vacila de forma tão infantil e recorrente.
    Espero que este provável insucesso dos tijolões do Batman, não carimbe o mercado brasileiro como "refratário" à ideia de grandes encadernados ou Omnibus!
    Contudo, creio que poucas séries regulares (longas) teriam fôlego para coleções deste porte. Citaria: Aranha (Lee+Romita Sr.), XM (Claremont+Byrne), 4F (Lee+Kirby ou Byrne), Conan (Thomas+Buscema), DD (Miller), Titâs (Wofman+Pérez), Superman (Byrne), Thor (Simonson), MP (Moore), Vingadores (Buscema), Capitão (Kirby e tb o Brubaker).
    Acredito que grandes encadernados ou Omnibus no Brasil teriam que ser apostas num tipo de material à prova de restrições.

    Mas, qual o motivo de desperdiçar páginas num encadernado caro? Parece até sabotagem, tamanha imbecilidade.

    Devido aos vacilos da Eagle e Salvat (red principalmente), a Panini com toda a justiça, vai encorpando ainda mais sua base consumidora. Contudo, o sucesso no mercado já exige, por parte do consumidor, um serviço de revisão mais atento ou menos desleixado!

    O que fica comprovado, é que o mercado brasileiro me parece já amadurecido e sólido, permitindo que as editoras ousem em seus projetos gráficos e atentem às demandas (coleções clássicas). Sem bolhas inflacionárias e "sacanagens surpresas" no interior dos volumes.

    abs.

    ResponderExcluir
  43. Saiu a edição da Salvat Marvel Origens Anos 70 e que edição, hein ? É bem cheinha e a próxima da Salvat é o "Morte dos Stacys"; esse ano ela começou com tudo. Esse ano ainda deve sair na Salvat as edições Marvel Terror e Marvel What if, a qual espero que não tenha aumentos até lá e também lá pro fim do ano deve sair a do Howard O Pato, ou seja, esse ano será pesado. Da DC vai depender da minha renda já que minha prioridade será as do Barks e do Gottfredson, e esse ano para eu pegar as da Eaglemos ou Salvat dependerá muito se haverá aumentos, já que as edições que iria pegar seria mais por curiosidade do que por gostar mesmo.

    ResponderExcluir
  44. Sobre a coleção DC: 50 pau é muito caro pra um encadernado que via de regra é fino (são raras as edições da DC que tiveram uma quantidade considerável de paginas). Eu já vinha pescando edições há um tempo. Fiz a assinatura quando começou a coleção. Acabei cancelando a assinatura quando me toquei que era furada. Tive que fazer contenção de gastos e ela foi uma das primeiras coisas a rodar. Até o fim da coleção, pretendo pegar mais umas 12 a 15 das 30 que serão lançadas ainda. Eu vi essa coleção como uma forma de fazer uma biblioteca legal da DC que eu nunca tive, mas por 50 pila vai ficar difícil (a Salvat segue a 40).

    Se tem um ponto positivo dessa coleção é que o Brasil teve duas edições exclusivas até agora: superman e Batman poder absoluto e essa última do Lanterna. Vamos ver se vem coisa diferente e que faça valer 50 contos...

    Sobre a Mythos, queria fazer um comentário. Ela sempre cobrou mais caro que as outras porque lança um material diferente, de menos tiragem, etc, mas sempre com qualidade. Já cheguei a comentar aqui sobre meu encadernado de Área Cinzenta que veio com as cores bem apagadas. Esse fim de semana recebi Dredd - Sobrenatural na Amazon e a capa dura veio inteirinha descolada do miolo. Entrei na Amazon e vi que um comentário de um comprador falava exatamente isso: que a dele também tinha vindo descolada. A gente sabe que empilhar livros de capa dura de forma errada provoca esse descolamento. Será que a Amazon falhou ou foi algo na gráfica específico com um lote de Sobrenatural? Compro HQs ha trocentos anos e nunca recebi uma capa dura descolada. Foda que a Amazon não oferece troca, só a devolução da grana. Aí eu teria que comprar outro exemplar mas não sei se o preço vai compensar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deve ter sido um lote da gráfica, não ouvi dizer que tenha sido um problema generalizado.

      Eu (a) pediria o dinheiro de volta e (b) tentaria colar eu mesmo para ter um exemplar de graça...

      Excluir
    2. Mas pra receber a grana de volta, eu tenho que enviar a HQ pra eles colocarem frete por conta da loja. Não dá pra ficar com ela.

      Já pensei em colar pra não perder o desconto, mas não sei...

      Excluir
    3. Entrando em contato com o atendimento da AmazonBr e relatando o ocorrido, eventualmente eles permitem a troca do material. Caso opte pela devolução, pelo atendimento também é possível solicitar reembolso na compra de outro exemplar para que o preço seja o mesmo. Não é garantia, mas quase sempre dá certo.

      Excluir
  45. Acabei comprando as edições de X-Men segunda genese do Claremont/Lee, Leo. Apesar daquele problema de coloração meio escura em algumas cenas da história contra o Magneto, eu acabei comprando pela nostalgia e por achar essa fase muito legal.

    As edições deixam duas histórias sem continuação né. Mas uma delas dá pra resolver comprando a edição da Salvat de capa vermelha do Professor Xavier. Tem a saga da Ilha Muir toda que é bacana também. Vou procurar essa depois.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  46. "Eu vendi minha coleção de Batman Premium inteira, junto com todos os formatinhos anteriores também."


    E aí, VAM... blz?

    Vc teve sorte de conseguir vender suas "Premiuns", rs... Pois mesmo a preço de banana, nunca consegui vender umas minhas dos "XM" (e acabei mandando "de brinde" pra um camarada q me comprou um lote de gibis há um tempo atrás - pelo menos me livrei de uma forma ou outra dessa naba, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Responder o Vam aqui, por que ele nem deve ver minha resposta lá em cima kk

      Cara não são obras primas do Batman, mas acho essas sagas bem legais, com alguns bons capitulos. Eu acho essas sagas boas no geral. Pra mim é nostalgia pura, pois eu li essa fase toda do Chuck Dixon/Alan Grant/Doug Moench nos anos 90 na época. Minha primeira hq do Batman foi Liga da Justiça e Batman número 8 (onde o Batman enfrenta o vilão Zsasz) na Queda do Morcego. Enfim, eu gosto dessa fase e mantenho na coleção todos os formatinhos. Só pretendo mudá-los se algum dia forem lançadas em formato americano. A Panini num video um tempinho atrás disse que tem planos pra publicar boa parte dessas sagas. Mas não sei, pois até o momento não disseram nada. Se lançarem eu compro todas!

      Abraço!

      Excluir
    2. Como eu disse algumas histórias pontuais eu guardo na memória, oque me cansou foram as sagas intermináveis.

      Oque acontece é que pra vender as coleções completas, pois assim elas tinham mais apelo comercial, tive que sacrificar algumas edições c/ histórias muito boas. Mas pelo que me lembro eram em menor quantidade.

      De mensal só guardei a 3ª série em Formato Americano.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    3. E aí Camus, tudo tranquilo?

      Concordo em relação a fase dos anos 90, formatinho do batman conservo a terceira série da abril.

      Liga da Justiça e Batman em formatinho somente conservei as que não estão nos encadernados gringos da queda do morcego e a fase anterior as premiuns. Estou na espera da publicação da "Queda", mas se não aparecer este ano pego os encadernados gringos na amazon.

      Cedo ou tarde a coleção do Batman sai.O morcego vende igual aguá,rs.

      Este ano vamos ter uma overdose de batman, rs.

      Abraço!

      Excluir
    4. Correção, conservo a 2ª série da abril que tem 16 volumes, descartei alguns pois sairam em "Lendas do Alan Davis"

      Abs,
      David

      Excluir
    5. Te entendo Vam. Nos anos 90 era moda as mega sagas né, isso era meio chato mesmo, pois era uma atrás da outra.

      Beleza, David?
      Eu também mantenho tudo isso cara, porque não dá pra saber quando e se vão ser encadernadas algum dia. Vamos ver se eles começam com a Queda mesmo dessa fase anos 90. Eu irei comprar. Eu gosto dessa fase, li na época, e eu gosto do Azrael. Acho ele uma ótima criação do ONeil, personagem interessante. Não gosto do Batman tendo ajudantes. Pra mim eles funcionam aparecendo só as vezes, e o Azrael apesar de ser um dos ajudantes do Batman contra o crime, só aparecia as vezes mesmo. Pra mim todos os ajudantes do Batman tinham que ser como ele e a Caçadora (que aparecia só as vezes pra ajudar também) kk

      Vamos ver se a Panini lança mesmo essas fase anos 90.

      Abraço!

      Excluir
  47. "Caindo no assunto. Li MM ano um, e apesar de não conhecer nada do assunto para comparar, eu até que curti bastante a historiw, mesmo que eles tenham distorcido alguma coisa, principalmente com relação a origem de Diana. Eu não me arrependi de tê-la comprado."


    Oi, Natália... Tdo bem?

    Muito obrigado mesmo pela dica... Vou comprar essa ed. sim (tão logo ela venha pras lojas daqui): Eu já tinha curtido mto os desenhos qdo vi primeiramente em scans e depois numa ed. importada)!

    As mudanças na origem da "MM" é pq a história se passa na "Terra Um" (realidade alternativa da DC - é quase q nem a linha "Ultimate" da Marvel, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  48. "Ele é um personagem muito adaptado para o cinema também, já ganhou três filmes, com o personagem sendo vivido pelo Lee Marvin (Point Blank), Mel Gibson (O Troco) e Jason Statham (PARKER)."


    E aí, VAM... blz?

    Caramba: Eu não sabia disso... Digo, eu sabia q "Parker" era adaptação de livros, mas não tinha me ligado q foram adaptados pro cinema (e nunca imaginei a relação entre esses filmes)!

    Desses aí, assisti o "Troco" (mto bom, apesar de eu não gostar do Mel Gibson) e o "Parker" eu assisti mais pela Jennifer Lopez (tbm não gosto mto dos filmes do "careca", rs)! Mas reconheço q ambos renderam bons filmes aí (provavelmente mais pela qualidade dos roteiros - baseados nos livros)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  49. "Até hoje aquele encadernado capa dura do Capuz está na minha wishlist como "complemento de frete"


    E aí, SEMI... blz?

    Se esse encadernado for aquele 1º arco q saiu na revista "MAX"... Eu recomendo, pq achei uma boa leitura (não é tão "MAX" assim - nada q justifique uma classificação +18, mas é bem legal)!

    Porém, mesmo sendo uma boa HQ... pode continuar mantendo na sua "listinha" de complemento de frete, hehe (boa essa: tbm tenho as minhas, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "...complemento de frete"

      Faço o mesmo com o Homem-Máquina.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    2. Homem-Máquina já esteve nessa situação. rs

      Excluir
  50. "Ainda há o risco que se outra editora publicar uma coleção do Batman de 60 ou 70 volumes no molde da que a Deagostini publicou em outros países vir com esse material em repeteco"


    Verdade, Cesar...

    Essa é uma possibilidade q não deve ser descartada... E nem falo da Deagostini (q tbm acho q deve aparecer poraí qq hora dessas com uma nova coleção), mas da própria Eaglemoss:

    Afinal, se a Salvat se arriscou a lançar uma "Coleção do Aranha" (essa de capa branca q tá em fase de testes) pq a Eaglemoss não poderia lançar tbm daqui um tempo uma "Coleção do Batman"? Já vimos q essas editoras não ligam a mínima pra "repetécos" de material, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas a Eaglemoss JÁ lançou uma coleção do Batman. E não estou falando dos calhamaços não, e sim da quantidade de material referente ao Morcego na coleção da DC.

      E sinceramente... Acho que o mercado não comporta mais uma coleção simultânea. Vamos ver como o Aranha se sai.

      Excluir
    2. Ainda acho que o Aranha vai entrar no lugar da extensão vermelha.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    3. Tb acho que o mercado não comporta mas isso não impediria eles de lançar... Bom senso não é o que tem imperado nas decisões editoriais. Mas se for a deagostini eles tem grandes chances de emplacarem ela inteira já que eles lançam em banca até certo ponto é depois diminuem a produção atendendo preferencialmente aos assinantes

      Excluir
    4. Aranha deve substituir uma das duas mesmo. Não creio que a Salvat esteja vendendo tão bem a ponto de enfiar 3 coleções quinzenais simultâneas nas bancas.

      Ainda mais que a extensão da extensão preta é praticamente um suicídio editorial. Praticamente todas as edições podem ser encontradas na versão Panini pela metade do preço.

      E entre DeAgostini e Eaglemoss eu não sei qual a pior. Na verdade, sei. A Eaglemoss eu pago caro, mas acho nas bancas e tem um acabamento melhor. DeAgostini é um martírio!

      Excluir
  51. "O dolar pode tá alto ou baixo, pra eles não interessa. O mesmo pras miniaturas."


    Bem nessas, Camus...

    As miniaturas da Eaglemoss tbm tiveram um NOVO reajuste agora: Passaram pra R$ 60 as regulares (normais) e o ESPECIAL do "MODOK" já veio por R$ 95 (q paulada, hein)?

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leo!

      Parece que as miniauras já sofreram outro reajuste, conforme vi no Facebook, passando a custar R$ 60,99.

      Aqui ainda não veio com este preço, e estão custando a "bagatela" de R$ 59,99, daqui a pouco já sobe para R$ 1,00 a mais!

      Abraços!

      Excluir
  52. "Filho do Demonio acho meio fraca, poderia ser muito boa, pois a ideia é interessante. Mas tem umas falhas de execução do Barr e tem coisas na história que descaracterizam muito o Batman."


    Concordo, Camus...

    Eu confesso q comprei a graphic novel do "Filho" (qdo saiu em capa-dura pela Panini) mais por causa da arte mesmo... Mas a decepção veio qdo constatei justamente os mesmos problemas q vc listou acima (e acrescento ainda os diálogos pueris com vários clichês e frases de efeito "forçadas" - se bem q isso é até perdoável diante do estilo dos FILMES de ação da época, rs)!

    Tbm acho q mtos sites por aí fazem listas com materiais mto básicos (manjados) e acabam incluindo quase sempre as mesmas coisas q todo mundo já conhece nas listas de "melhores" (e o "filho do demônio" tá SEMPRE no meio de qq lista do tipo, sendo q tá longe de ser uma das melhores histórias do batman)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. O engraçado é que vários roteiristas nos anos 80 ainda conservavam esse lance de dialogos meio fanfarrões, pueris, ou aqueles balões com textões que eram bem comuns nos anos 70 (esse dos textões o Claremont/Byrne continuaram usando nos X-Men nos anos 80 kkk. Sou fã dos X-Men e dessa fase, a melhor pra mim, mas algumas histórias são meio cansativas. Nem sempre textões funcionam).

      Acho que o Alan Moore e o Frank Miller nos anos 80, revolucionaram totalmente a escrita nas hqs, acabando com o estilo de escrita dos anos 70 e tornando esse tipo de escrita datadas. Na minha opinião, só alguns titulos dos anos 70 se salvaram e envelhecerem bem. E isso por causa do método diferenciado e revolucionário de alguns escritores dessa época, como o Denny ONeil e o Gerry Conway, que tinham uma forma de escrever que prendia pela qualidade e agilidade do roteiro. Tem outros também é claro.

      Sobre os clássicos (que na verdade não são kk), isso sempre vai acontecer. O pessoal do oba oba é assim mesmo. Tem tanta história do Batman que devia ser chamadas de clássicos e não são, não sei porque. Cade o pessoal do oba oba tornando Batman Cavaleiro das Trevas, Cidades das Trevas do Peter Milligan em clássico? A história do Batman O Outro Lado do Espelho pelo próprio Mike W Barr é muito superior ao Filho do Demonio. Vai entender. A Panini lança o Batman Gordon, mas não traz pra gente nenhuma dessas duas magnificas histórias em encadernado. Vai entender.

      Abraço!

      Excluir
    2. Observação: O Batman Gordon é uma bomba ai dos Novos 52 kkk

      Excluir
    3. Pô, mas isso nem precisar ler pra desconfiar.
      Foi uma proposta escrota.

      Tem certeza que só inventaram isso por conta do fato que seria tudo "rebutado", então não fazia diferença nenhuma.

      Antes pelo menos, a DC publicava essas sandices como Elseworlds...

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  53. "A muito tempo que me admiro de ainda estarem conseguindo vender."


    A situação da Eaglemoss merecia ser objeto de estudo acadêmico, rs...

    Falando como publicitário, tbm não entendo como a empresa sobrevive ainda depois de oferecer um dos piores serviços de atendimento ao cliente, ter inúmeras "propagandas enganosas" em seu currículo, ter um péssimo controle de qualidade de seus produtos, e todos os demais problemas q já estamos cansados de conhecer... E ainda assim continuar estabelecida no mercado: Talvez só a "vermisse" explique, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não subestime o poder da vermisse. rs

      Mas ao mesmo tempo que ele sustenta um mínimo de vendas, é lamentável a empresa ser medíocre a ponto de se contentar com isso.

      A impressão que eu tenho é que é uma empresinha de fundo de quintal mesmo, incapaz de dar um salto de qualidade operacional.

      Excluir
  54. "É o que costuma acontecer nos países atendidos por ela. Ela quebra as livrarias (não as bancas, nos países normais elas vendem produtos diferentes...) e aí passa a oferecer descontos menores porque não tem competição"


    Oi, Hunter... blz?

    Imaginei q algo assim pudesse vir a ocorrer por aqui tbm se continuarmos nesse ritmo... Desconto é bom e todo mundo gosta, mas é burrice tbm não pensar nas consequências futuras: Onde esses mesmos descontos irão acabar pq um MONOPÓLIO passou a ser instituído (às custas de inúmeras livrarias e lojas de HQs q vão acabar quebrando diante da concorrência imediata)!

    É algo a se pensar mesmo... Pois matematicamente é o q vai acabar acontecendo mesmo (e números são uma ciência exata)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Amazon não difere tanto em preços da Saraiva. Ainda compro bastante nas duas.

      Também compraria muito na FNAC se não tivesse abolido o frete grátis para as pré-vendas.

      Acho que nesse caso a Amazon tem a desvantagem de não possuir lojas físicas.

      Excluir
  55. "Eu acho a concorrência algo sadio, mas o que a amazon faz é predatório. Critico isso, mesmo sendo um hipocrita, pois eu aproveito essas promoções. Vejo que tambem contribuo para o fim a qual eu temo."


    É um paradoxo mesmo, Clayton...

    A gente sabe q tá ajudando a quebrar o mercado de HQs e afundar diversas lojas e livrarias (contribuindo pra falência iminente delas): E sim, isso já está acontecendo em escalas menores por aí (várias comicshops já fecharam suas portas e agora até as grandes livrarias começam a arrepiar)!

    Porém, pro leitor... Fica complicado pagar 100 reais num encadernado, qdo pode comprar o mesmo por quase metade do preço na Amazon. Poucos são aqueles q podem se dar ao luxo de pagarem o DOBRO apenas pela consciência limpa de estar "ajudando o mercado". Sei q é fóda, e q a gente SABE como isso vai terminar: Mas a solução desse problema (ou dilema) não cabe à nós (o mercado é q tem q se ajustar de forma q ninguém seja prejudicado na equação)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  56. "Leo, O que o Levi sempre dá como desculpa de é que tem que esgotar as edições para poderem republicar."


    E aí, LUIZ... blz?

    Isso pode acabar gerando mais um paradoxo no mercado: A editora não encaderna o "Miracleman" enquanto não vender o encalhe da mensal... E o leitor não compra o encalhe pq quer esperar pra gastar no encadernado, rs!

    Isso sim é um belo dum impasse, hehe...

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. encaderna a mensal hahahahahaha. eu lembro da revista do hellraiser que saiu em 3 edições (nao lembro a editora) pouco tempo depois apareceu encadernada... na verdade as tres ediçoes coladas uma na outra com uma nova capa por cima rsrsrs

      Excluir
  57. "As vezes a ignorância é uma benção. rs"


    Verdade, SEMI...

    Sei q é triste dizer isso... e sou acima de tudo um pesquisador (sobre vários assuntos): Mas a gente acaba sendo mais feliz na ignorância! Não estou afirmando q é melhor ser ignorante, mas sim: q a FELICIDADE tá é na ignorância, pois a verdade pode ser (e geralmente é): DOLOROSA e FRUSTRANTE, rs!

    O melhor exemplo são os formatinhos da Abril... enquanto eu lia eles na minha ingenuidade e sem saber das mutilações e adulterações de quadros e textos, eu era um BURRO feliz, rs! Já a verdade (qdo veio à tona) acabou com a alegria da minha infância! É q nem o CORNO q é feliz com a esposa pq não sabe q tá tomando guampa pelas costas, hehe!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que depende do ponto de vista. Minha infância não ficou pior só porque as revistas que eu lia tinham cortes e tal (nem eram tantos quanto o pessoal fala). E hoje eu ainda tenho a oportunidade de comprar e ler esse material e descobrir coisas novas!

      Pelo lado positivo, há pilhas de séries que não teríamos lido se não fosse isso. Quanta gente lia Mestre do Kung Fu ou ROM nos EUA? BEM menos do que no Brasil!

      Excluir
    2. Isso é verdade. Dificilmente eu teria lido Mestre por aqui se não saisse em mix pois não me interessaria por Kung Fu quando criança. E ROM mais dificilmente ainda. Graças ao Hulk pude aproveitar essa grande série.

      Apesar de não concordar com algumas adaptações da Abril sou tentado a concordar que não facia tanta diferença assim, ainda mais com tanto material sendo publicado.

      "Terremoto" mesmo foi um grande favor que a Abril fez pulando algumas estorias. Poderia ter pulado mais, assim como os eventos da Morte do Superman.

      Excluir
  58. "Acredito que grandes encadernados ou Omnibus no Brasil teriam que ser apostas num tipo de material à prova de restrições."


    E aí, Victor... blz?

    Por coincidência, eu até respondi (uns 6 comentários acima) sobre o qto a situação da Eaglemoss me surpreende... Te confesso q nunca vi (em 15 anos no ramo da publicidade) uma empresa aguentar tanto tempo de pé no mercado oferendo o serviço e atendimento de baixa qualidade q a Eaglemoss oferece!

    Eles tem um puta produto no mercado (sou o 1º a apreciar as miniaturas)... Mas a incompetência da empresa em si e o desperdício de potencial diante do produto q tem em mãos é inacreditável. Já vi mtas empresas quebrarem por mto menos q isso (e olha q a Eaglemoss já até "banalizou" o uso da propaganda enganosa numa empresa, rs)!

    Qto aos "omnibus"... Já ouvi de um editor q embora o mercado de HQs ainda esteja numa fase de "aquecimento" (e isso a gente percebe pela quantidade incessante de novos encadernados e coleções): Não estaríamos (segundo ele) num bom momento ainda pra se arriscar um "omnibus" (os custos gráficos aqui são diferentes dos EUA e o preço ficaria inviável pro nosso mercado): Quem sabe um dia? Já tentaram algumas ed. bem encorpadas no Brasil (Superman novos-52, Promethea, Sandman, Terra X, etc)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nunca vi um Omnibus na frente.... so pelas fotos na net. Mas nao sei se esse formato me agradaria. Ler uma edição como Sandman ou Whatchmen em capa dura ja é meio complicado. O medo de abrir completamente o livro para ver o quadrinho e dai soltar pagina... fora o peso. Imagino que deve ser um sacrificio ler um desses. E o que significa Omnibus, a palavra em si para quadrinhos?

      Excluir
  59. "Saiu a edição da Salvat Marvel Origens Anos 70 e que edição, hein ? É bem cheinha e a próxima da Salvat é o "Morte dos Stacys"


    E aí... blz?

    Eu tô preparando uma matéria especial e individual pra essa ed. de "Marvel anos 70" (uma das q eu mais esperava da extensão)! Tbm vou certo nessas outras q vc citou: "Howard" e "O Q Aconteceria Se"... Mas vou pular o "Terror" (pois já tenho quase tudo repetido na Panini) e a "Morte dos Stacys" (tbm por já ter em outras versões)!

    A linha Disney vai estar demais este ano... Além de Barks e Gottfredson, já começamos bem com os "Tesouros Disney"!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E a Salvat de "brinde" nessa edição, ainda colocou a primeira aparição do Wolverine, só para dar raiva ao pessoal que pegou a Salvat Vermelha do carcaju só por causa dessa história.

      O "Terror" eu só descartarei comprar se a Panini for lançar boa parte dos personagens, senão, como só tenho o Lobisomem, Motoca e o "Drácula", eu terei de pegar a Salvat, mas é claro que tudo isso levando em conta que a Salvat não reajuste muito os preços esse ano; lembro que no inicio do ano passado tinha edições sendo lançadas por 32,90 e no fim do ano já tava 39,90, e o receio é de chegar aos 49,90 e eu ter de parar de comprar ( pois as principais eu já peguei ).

      Pois é, a linha Disney vai tirar uma boa grana, agora convenhamos, as edições da Disney Luxo se não forem a coleção completa em uma edição ( como o caso dos Escoteiros Mirins ), eles botam mais de 400 páginas ou no caso da coleção do Barks aonde o capricho mostra o porquê de ser cara; são bem mais viaveis que as edições Salvat/Eaglemoss que poucas edições chegaram a 200 páginas e o preço só a subir.

      Os anos 70, apesar dos visuais bizarros do pessoal jovem da época, foi sem sombra de dúvida, o melhor período das HQs de heróis, e por mais que os anos 60 tenham surgido verdadeiro ícones, foi nos anos 70 que surgiu os personagens de "Marvel Terror", os "Heróis de Aluguel", "Novos Titãs", se inicio o períodos áureo dos X-Men, tivemos abordagens como as de "Arqueiro Verde x Lanterna Verde" que você colocou na matéria anterior, Conan, entre outros grandes personagens e histórias. Desse jeito dá até para imaginar o porquê do Moore e do Miller terem feito sucesso na década de 80, pois o auge criativo foi nos anos 70.

      Excluir
  60. "Eu vi essa coleção como uma forma de fazer uma biblioteca legal da DC que eu nunca tive, mas por 50 pila vai ficar difícil (a Salvat segue a 40)."


    Verdade, Leo...

    Tbm acho q esse preço acaba não compensando nas ed. mais fininhas da coleção: No final das contas, o leitor vai pagar 50 pila num gibi q poderia estar custando 25 se fosse numa coleção econômica da Panini (CHM ou lendas). Enfim, já senti o drama de q seria uma roubada qdo a Eaglemoss fez 3 reajustes logo no início da coleção (foi a partir daí q as coisas começaram a dar errado e mta gente pulou fora do barco)!

    E obrigado pelo aviso nesse problema q rolou com o encadernado do "Dredd" pela amazon... Ficarei atento, pois pretendia comprar desse site (junto com outros do Dredd q perdi)! É fóda qdo isso acontece, mas pelo menos é mais tranquilo (pelo q me dizem) negociar com a amazon do q com outras lojas!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa coleção realmente era uma boa oportunidade de montar uma biblioteca da DC, que tem bem menos encadernados do que a Marvel lançados.

      Mas com os reajustes constantes, será que dá pra chegar no final?

      E ao contrário da Salvat que vai devagarinho, com aumentos de 2 ou 3 pratas, a DC vai de 5 em 5.

      Excluir
  61. "Acabei comprando as edições de X-Men segunda genese do Claremont/Lee, Leo."


    Boa, Camus... Tbm achei q essas ed. valeram a pena, já q custam barato e trazem a fase completa do Jim Lee (q eu tbm gostava graças ao desenho animado dos anos 90)!

    Teve uma ou 2 histórias desenhados por ele tbm em "Programa de Extermínio" (q é tosco, mas tbm achei q valeu, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  62. "E se eu te disser que esse volume 2 de Terra de ninguém também tem umas páginas pretas entre as capas que vêm de extras no final da edição, vc acreditaria? haha"


    E aí, Diego... blz?

    Putz, eu acredito em vc sim... mas te confesso q não esperava por essa, hehe: Se for assim, passa a ser preocupante então qq edição da Eaglemoss daqui pra frente (já q essas pág pretas tão se espalhando por várias edições)!

    Não é possível... Só pode ser algum tipo de defeito gráfico bizarro (nunca tinha visto isso, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  63. "Parece que as miniauras já sofreram outro reajuste, conforme vi no Facebook, passando a custar R$ 60,99."


    Oi, Elcio... blz?

    MAIS um reajuste em menos de uma semana? A "171moss" já tá despirocando mesmo, rs!

    Bem, o Renato Muza (meu fornecedor de miniaturas) me disse q os preços deles se mantém os mesmos por enquanto: peças na faixa dos 45 (lançamento)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  64. "encaderna a mensal hahahahahaha. eu lembro da revista do hellraiser que saiu em 3 edições (nao lembro a editora) pouco tempo depois apareceu encadernada... na verdade as tres ediçoes coladas uma na outra com uma nova capa por cima rsrsrs"


    Bem lembrado, Clayton...

    O "Hellraiser" saiu pela editora "Alto Astral" (q desapareceu do mercado pelo visto - nunca mais ouvi falar). E de fato: encadernaram o "encalhe", rs!

    A Abril tbm fazia isso, tá ligado? O "Batman - Cav. das Trevas" e a "Elektra Assassina" q eu tenho da Abril são assim... juntaram as mini-séries encalhadas e colaram uma capa-cartão por cima, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Editora Alto Astral continua por aí, mutilando mangás (e provavelmente outras coisas) =p https://bibliotecabrasileirademangas.wordpress.com/2017/01/16/nr-232-alto-astral-se-pronuncia-sobre-as-paginas-retiradas-de-lacos-proibidos/

      Excluir
    2. Essa "encadernação" da Abril até que não é uma idéia das piores. rs

      Excluir
  65. "Eu nunca vi um Omnibus na frente.... so pelas fotos na net. Mas nao sei se esse formato me agradaria."


    Posso te garantir, Clayton: Eles são pesados pra caralho mesmo, hehe...

    Eu costumo ler deitado de barriga pra cima com o gibi apoiado no peito: E um omnibus desses é sufocante de ler assim (tente colocar umas 4 "bibliotecas" na barriga pra sentir o peso - é mais ou menos isso, pois já vi ed. dessas q englobam até 40 edições juntas (citei as "bibliotecas" pq já vi um omnibus com toda a fase Ditko no "Aranha" - q saiu aqui em 4 ed. pela panini)!

    Qto ao termo... Nunca parei pra pensar, mas deve ser algo equivalente à "TIJOLÃO" (q é o apelido q eu uso, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Omnibus (plural "omnibii") é uma palavra latina derivada de Omnia/Omnis ("tudo"/"todos"), que significa "para todos". Dele deriva a palavra ônibus, que é um transporte coletivo para todas as pessoas, por exemplo.

      Então a ideia é fazer uma compilação para todas as partes de uma série, por exemplo.

      Excluir
  66. "O "Terror" eu só descartarei comprar se a Panini for lançar boa parte dos personagens, senão, como só tenho o Lobisomem, Motoca e o "Drácula", eu terei de pegar a Salvat"


    E aí... blz?

    O conteúdo da ed. de "Terror" da Salvat será:

    -Ghost Rider #1-2 (q saiu na "CHM da Panini)
    -Marvel Spotlight #2 ("Lobisomem" - saiu na Panini) + #11-12 (essas são do "Filho de Satã")!
    -Savage Tales #1 ("Homem-Coisa" - ainda vai sair pela Panini futuramente)!
    -Tomb of Dracula #1 (CHM da Panini)
    -Monster of Frankenstein #1
    -Supernatural Thrillers #5 ("Múmia-Viva")
    -Strange Tales #169 ("Irmão Vudu")

    Ou seja... São 10 histórias, e metade delas já saíram na Panini. Eu recomendaria essa apenas se rolasse algum desconto (pra compensar os repetécos)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí que tá. Pela Panini até agora só saíram 3 e se planeja sair mais um deles... , mas e o resto ? Irmão Vudu e Filho de Satã não são personagens essenciais, porém Múmia-Viva e "Monstro de Frankenstein" são interessantes sim, e pode ter certeza que se a Panini anunciasse somente mais esses dois eu já teria desistido da Salvat. Agora é claro que nesse ano tudo vai depender dos reajustes, porque se chegar aos 50 ( seja Eaglemoss ou Salvat ), se não for uma edição das quais "não podem faltar em minha estande" ( cujas chances são quase nulas ), eu paro e fico só com os da Panini, da Disney e afins.

      Agora é triste a Marvel ter perdido os direitos do Conan, pois seria ótimo se saísse os "What if" dele ou se a Salvat lançasse algum clássico dele. Agora vale a pena mesmo o encadernado "Eu, Wolverine" da Salvat ? São só 4 histórias, independente de ser do Miller ou não, mas acho que 39,90 é muito por tão pouco, o que você acha, Leo ?

      Excluir
  67. "Mas com os reajustes constantes, será que dá pra chegar no final?"


    Boa pergunta, SEMI...

    Mas até acho q SIM: Acho q a coleção vai até o fim pela editora... Porém, o q eu tbm acho q deva acontecer é mtos leitores abandonarem a coleção pelo caminho por falta de verba (e com isso, "talvez" a tiragem diminua - gerando novos reajustes)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chegar vai chegar, expandir eu já acho mais difícil.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    2. Já existe uma pré-lista da expansão? Espero que não tenha morcegos nela...

      Excluir
  68. "Pelo lado positivo, há pilhas de séries que não teríamos lido se não fosse isso. Quanta gente lia Mestre do Kung Fu ou ROM nos EUA? BEM menos do que no Brasil!"


    Sempre tem um lado positivo em tudo mesmo, Hunter...

    Acredito q de todos os males do formatinho, uma das qualidades era justamente possibilitar a publicação de títulos q JAMAIS teriam chance alguma se não fossem jogados num mix daquela época.

    E nem falo de "ROM" e "MKF" (q foram bastante populares)... Mas imagine q chances teriam um "Deus da Mata"? "Eternos"? "Nova"? "Cristal"? "Kull"? etc... Acredito q essas séries só seriam conhecidas no Brasil do jeito q foram: Jogadas como complemento em mixes!

    Abs!

    ResponderExcluir
  69. "Editora Alto Astral continua por aí, mutilando mangás (e provavelmente outras coisas) =p https://bibliotecabrasileirademangas.wordpress.com/2017/01/16/nr-232-alto-astral-se-pronuncia-sobre-as-paginas-retiradas-de-lacos-proibidos/ "


    E aí, KJr... blz?

    Q absurdo o serviço porco q a Editora "Alto Astral" (q na verdade deveria ser "Baixo Astral", rs) apresentou nesse mangá do LINK, hein?

    Cortar 40 pág. da história (sendo parte delas justo o FINAL) por falta de espaço e pra não encarecer o preço? Puta q pariu: Desculpa esfarrapada q não colaria nem na época das mutilações da Abril! Um LIXO de serviço mesmo!

    E acho lamentável tudo isso... pois gostei do trabalho dela em "Hellraiser - Dark Watch" (pensei q tivesse potencial pro mercado - me enganei feio, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  70. "Irmão Vudu e Filho de Satã não são personagens essenciais, porém Múmia-Viva e "Monstro de Frankenstein" são interessantes sim, e pode ter certeza que se a Panini anunciasse somente mais esses dois eu já teria desistido da Salvat."


    E aí... blz?

    O q eu sei (pelo próprio editor-chefe da Panini) é q a ideia de ampliação da linha "Marvel Terror" (CHM) inclui: Novas ed. do "Drácula" e "Motóca"... Além de: "Múmia-Viva", "Homem-Coisa", e "Simon Garth - O Zumbi"!

    Eu soube disso há 2 anos atrás e divulguei no blog na época... Na ocasião, ainda eram novidades a CHM do "Motóca" e "Lobisomem" (q acabaram sendo notícias em 1º mão aqui no "Submundo" - já q confirmei essas com 1 ano de antecedência)! Só q o ritmo da linha "terror" é lento e ele me disse q não vai mudar mto de uns 2 encadernados por ano (até pela falta de material digital dessas séries)!

    Curiosamente, nada foi falado sobre "Frankenstein", "Filho de Satã", "Satana", e "Irmão Vudu"... Acho pouco provável q pelo menos os 3 últimos acabem saindo pela Panini - mas nunca se sabe, né)?

    Abs!

    ResponderExcluir
  71. "o encadernado "Eu, Wolverine" da Salvat ? São só 4 histórias, independente de ser do Miller ou não, mas acho que 39,90 é muito por tão pouco, o que você acha, Leo ?"


    Bem, eu (particularmente) acho essa uma série mto boa... e acabou sendo essencial pra mim pq tenho um plano de ter TODO o material do Frank Miller (pelo menos nessa fase "Anos 80") encadernado!

    Antes dessa ed. da Salvat (q eu comprei) eu só tinha essa HQ do "Wolverine" em formatinho (pois perdi os 2 encadernados anteriores da Panini)! Enfim, sei q o preço sai salgado pela quantidade de pág, mas eu relevo em certos casos qdo a qualidade da história compensa (além do mais, já levei vantagem na Salvat com o "Thor - Contos de Asgard" - q tem mais de 250 pág, hehe)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Considero o Miller o "homem de uma estilo só", pois todas as suas histórias envolvem artistas marciais com estilos orientais ou sobre uma "cidade corrupta e podre sem salvação e a importância daqueles que fazem algo nelas" e suas histórias não fogem disso, porém é claro que uma ou outra história dele não tem como não gostar.

      Excluir
  72. "Eu, Wolverine" da Salvat é quase um roubo pela quantidade de páginas. Por outro lado a história é tão boa que você pode ler duas vezes seguidas, ao contrário dos "Homens de Gelo" da vida.

    Mas se o problema é economia, deve ser fácil achar a edição "Dívida de Honra" baratinha. Eu venderia a minha se soubesse onde ela está. rs

    ResponderExcluir
  73. Oi Leo, gostaria de saber se já tem previsão de lançar o mestre do kung fu? E se vai sair na coleção histórica Marvel heróis urbanos? Obrigado, Otávio.

    ResponderExcluir
  74. Leo, você sabe se tem alguma previsão da Panini republicar/reimprimir a edição definitiva de 'O Longo Dia das Bruxas'? Estou pensando em pegar os da Eaglemoss na promoção que tá rolando no site deles (4 por 3), antes que reajustem os preços por lá também, mas preferia pegar a edição da Panini. Obrigado!

    ResponderExcluir
  75. "Omnibus (plural "omnibii") é uma palavra latina derivada de Omnia/Omnis ("tudo"/"todos"), que significa "para todos". Dele deriva a palavra ônibus, que é um transporte coletivo para todas as pessoas, por exemplo."


    Opa... Valeu mesmo pela explicação, Hunter!

    Tá explicado agora pq eu pesquisava "omnibus" no tradutor e aparecia "ônibus" entre as opções (claro, havia então uma certa relação q eu não tava acreditando e achava q fosse erro, rs)! Valeu mesmo!

    Abs!

    ResponderExcluir
  76. "Considero o Miller o "homem de uma estilo só", pois todas as suas histórias envolvem artistas marciais com estilos orientais"


    Realmente, Acho q eu não conheço nenhuma história do Miller q não tenha ninjas ou samurais, rs...

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ruim do Miller é que ele não consegue aprofundar tanto as suas histórias e por fim a maioria das vezes são a ação e a violência que são mais atrativas, tanto é que são as suas histórias que aprofundam mais que são as melhores ( Cavaleiro das Trevas, Demolidor Origem, Eu Wolerine... ). Por isso prefiro o Moore, que por mais bizarras seja suas abordagens, ele sabe aprofundar bem as histórias.

      Excluir
    2. Para ir até a óbvia das óbvias, Cavaleiro das Trevas e Batman Ano Um não têm ninjas ou samurais.

      Excluir
  77. "Eu, Wolverine" da Salvat é quase um roubo pela quantidade de páginas."


    Oi, SEMI... E o pior é q essa do "Wolverine" nem é a MENOR ed. da Salvat em nº de pág!

    Acho q o recorde fica por conta de "XM: E de Extinção"!

    Abs!

    ResponderExcluir
  78. "Oi Leo, gostaria de saber se já tem previsão de lançar o mestre do kung fu?"


    Oi, Otávio... blz?

    Por enquanto não se sabe ainda como será a estrutura dessa CHM e nem se o "MKF" seria publicado nela ou num formato à parte. Assim q eu tiver qq confirmação sobre isso, com certeza avisarei nas notícias do blog, pode ficar tranquilo!

    Abs!

    ResponderExcluir
  79. "Leo, você sabe se tem alguma previsão da Panini republicar/reimprimir a edição definitiva de 'O Longo Dia das Bruxas'?"


    E aí, KJr... blz?

    Olha, por enquanto nem sinal de qq informação a respeito disso... a Panini já republicou 2 vezes o "Longo Dia" e depois veio a Eaglemoss. Não duvido q voltem a republicar de novo, mas talvez demore mais um tempo, já q não faz mto q relançaram a "Vitória Sombria" (acho q no ano passado)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é outra que preciso praticar o desapego... É muita vermisse ter memória afetiva com a edição ao invés da história? rs

      Excluir
    2. Muito obrigado, Leo.

      Excluir
    3. Depende a edição a memória afetiva é justificada. Tem algumas aí cheia de erros e traduções toscas que merecem ser esquecidas. Melhor ficar com a antiga mesmo.
      ABC

      Excluir
    4. Não mesmo, SEMI.

      Tem várias edições cujas edições anteriores a entrada da Panini no mercado nacional, que são muito superiores.

      Para não citar apenas um, seguem três exemplos:

      _ Asilo Arkham da Abril, letreamento muito superior.

      _ Watchmen em 12 edições, também da abril, justamente por ser igual a versão original.

      _ Superman vs. Muhammad Ali, da Ebal, pelo formato treasury.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
    5. Meu caso é um pouco mais complexo... Minha memória afetiva é com o exemplar mesmo. rs

      Excluir
  80. Leo , Pateta Faz História vai ganhar uma obra definitiva pela Abril , está prevista 4 volumes e o primeiro já sai em Março .

    ABS !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Artur... blz?

      Bem, essa eu vou pular certo... pois já estou satisfeito com a versão anterior q saiu (aquela eu acompanhei selecionando as melhores histórias, rs)!

      Abs!

      Excluir
    2. Tava afim de pegar os volumes num papel melhor é formato maior , mais vou controlar a vermisse kkkk

      Excluir
    3. Tbm acho tentadora a ideia de ter essas do "Pateta" em formato maior e papel melhor... mas qdo penso q cada ed. vai custar 60 pila, o verme interior se aquieta um pouco, hehe!

      Abs!

      Excluir
    4. Você é muito adapto de compras online não né ? Pq eu geralmente espero cair alguma promoção na Amazon e pegar essas edições

      Excluir
    5. Bem, eu posso dizer q sou meio ressabiado sim com compras on-line, pq já tive mtos problemas e dores de cabeça com isso (sou daqueles caras meio azarados q geralmente se dão mal qdo tentam comprar coisas pela internet - nem sempre por culpa das lojas virtuais, mas tbm os correios já me aprontaram algumas, rs)!

      Sempre q eu posso, procuro comprar ao vivo (até pela amizade e certas vantagens q tenho nas lojas físicas e bancas q frequento). Porém, de uns tempos pra cá tenho me arriscado mais em compras on-line devido aos descontos consideráveis em certos títulos (encadernados de 100 reais q eu consiga por uns 60, por exemplo: aí eu já revejo os meus conceitos e receios com compras on-line, rs)! É possível q a minha tendência daqui pra frente seja revezar cada vez mais as compras físicas e virtuais!

      Abs!

      Excluir
  81. "Já existe uma pré-lista da expansão? Espero que não tenha morcegos nela..."


    E aí, SEMI... blz?

    Eu não tenho a pré-lista da extensão da Eaglemoss, mas sei q andaram surgindo no exterior uma ed. q outra noticiada através de sites de cadastros (tipo o ISBN em versão gringa)... E sim, os morcegos continuam poraí, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí LEO, tudo tranquilo?

      Segue link da extensão da eaglemoss:

      https://mueli77.wordpress.com/2015/04/25/die-dc-graphic-novel-collection-bei-eaglemoss-alle-infos/

      Obs. até o 99 já saiu na Alemanha.

      Abraço.
      David

      Excluir
    2. E aí, David... blz?

      Brigadão mesmo por esse LINK com a extensão da DC (isso vale ouro, hehe)!

      E falando em ouro... Q lista, hein? Vai ter até a mini-série: "Era de Ouro" (q saiu aqui pela Metal Pesado e eu sempre quis ter)! Tbm gostei mto de 2 encadernados dos "Novos Deuses" (Kirby), entre outros FILÉS da extensão! Achei bem mais interessante q essa 1º parte q tá saindo aqui! Valeu mesmo!

      Abs!

      Excluir
  82. E aí Leo, aqui tá tudo tranquilão.

    O bacana do seu blog é isso compartilhar as informações.

    Realmente a extensão chega a ser melhor que a atual coleção, além do conteúdo a lombada ficou acima das expectativas.

    Abraço.
    David

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu mesmo, David...

      Tbm acho q a melhor coisa aqui do blog é realmente a troca de informações e avaliações entre todos nós (colecionadores em geral)! Acabo aprendendo mto aqui nos comentários todos os dias (essa lista da DC, por exemplo, eu tava procurando faz tempo e não achava: Agora, finalmente salvei ela e isso vai me ajudar mto pra futuras postagens sobre a coleção)!

      Abs!

      Excluir
  83. Leo, eu estava pesquisando os títulos dessa extensão e tem um que me chamou atenção, foi Batman Outland, originalmente uma mini em 3 partes. Com a dupla MKF - Moench e Gullacy, tá inédito no Brasil.

    Quanto aos volumes dos Novos Deuses, deve ser somente a série homônima focada no Órion e Darkside.

    E eu dúvido que a Panini vai liberar as duas edições do MP que constam nessa extensão.
    Assim como não fez com Batman e Filho e a trilogia da Queda do Morcego.

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, VAM... blz?

      Olha, me interessei por essa ed. de "Outland" (nome de um antigo filme do Sean Connery: "Comando Titânio", rs)... Só por ter essa dupla de "MKF" já é um bom motivo pra uma boa conferida, hein?

      Mas é de pensar tbm... Pq será q ficou inédita no Brasil? A Panini tbm negligenciou o "Batman - Odissey" (do Neal Adams)! Não acredito q sejam materiais ruins, sou mais de acreditar q os editores nacionais marcaram bobeira em não publicar!

      "Novos Deuses" eu vou comprar de qq jeito se for a fase Kirby... A série homônima teve 11 edições e mais uma Graphic Novel (q tá inédita no Brasil e encerra a série)!

      No mais... Tbm acho q devem acabar trocando as ed. do "MP" por mais alguns arcos de "Superman & Batman", rs (a Eaglemoss adora essa série, hehe)!

      Abs!

      Excluir
    2. "... Tb acho q devem acabar trocando as ed. do MP..."

      Se dúvidar, até Batman Odissey é substituida. Não pq a Panini, tenha a intenção de publica e sim, pra não concorrer com a coleção de Lendas.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  84. Do filme do Connery, só lembri o nome e de era no espaço.

    Quanto a mini-série, penso que na época a Abril focava as bat-sagas como terremoto e terra de ninguém nas duas mensais e tb já não publicava quase nada em formato americano, Leo.

    Moench & Gullacy arrebentaram em Batman: Acossado, mais fracassaram na sua continuação, Batman: Terror.

    Essa Batman: Outland, poderia ser o tira-teima. Mas não acho que vai valer o cobrado pela Eaglemoss, quando e SE sair.

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse filme do Connery era bem chatinho (vi num "Supercine" dos anos 80, mas faltava ação)!

      E eu lembro dessas HQs do "Batman" (acossado e terror)... Não comprei nenhuma e nunca as li em scans: não sei se prestam, mas se fosse hj eu teria dado uma chance à elas!

      Abs!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...