05/02/2017

Tranqueiras da Marvel: Luminárias, Relógios, etc...

Nem só de gibis, encadernados, bonequinhos (ou "action figures" pra quem ainda se ofende com o termo), DVDs e Blu-Ray de filmes estrelados por super-heróis é que vive o colecionismo e suas ramificações!

São inúmeros os produtos e acessórios baseados em super-heróis que se encontram por aí... Desde luminárias, chaveiros, canecas, ventiladores de teto, mouse-pad, pen-drive, gabinete de computador, e até ferro de passar roupa (!) São tantos, que nesta postagem selecionei apenas "ALGUNS" dos ligados à Marvel (sim, existem milhares de outros também dedicados à DC - e que podem ficar pra uma próxima, quem sabe)!

Confira abaixo...

Passeando por qualquer lugar ou centro comercial hoje em dia... Podemos observar uma pequena fração do alcance da "modinha de super-heróis" que se iniciou dos anos 2000 pra cá a partir do sucesso dos FILMES baseados em gibis da Marvel (que são o foco aqui - e como falei no começo desta matéria, existem milhares de outros produtos  do tipo relacionados também à DC). Somente a nível de curiosidade, selecionei algumas dessas tranqueiras que achei bastante curiosas (e algumas bem inusitadas) em minhas andanças por aí em shoppings, galerias, e lojas de presentes (de pequeno e grande porte)!

As "Luminárias da Marvel" (FOTO que abre esta postagem) são uma bela opção decorativa pra salas e quartos (parece que os personagens tão saindo da parede mesmo)! Um ferro de passar roupa do "Homem de Ferro" (tão óbvio, que acho que ninguém tinha pensado nisso antes, rs)! Pen-Drives dos "Vingadores" (todos muito legais)! Ventilador de teto (vou botar um desses na futura loja do "Submundo", rs)! Mouse de computador do "Homem de Ferro" (show)! Tapete de banheiro com o escudo do "capitão"! Chaveiro com a "Manopla do Infinito"! Caneca do "Carnificina" (fóda demais)! E o relógio de pulso do "caps" (FOTO abaixo)!

Além disso, ainda encontramos vários outros produtos super-heroísticos mais comuns (especialmente camisetas - que na linha Marvel/DC já ocupam até setores próprios em grandes lojas). O irônico, é que até poucos anos atrás seria impensável imaginarmos uma realidade assim: De tranqueiras por todos os lados baseadas em HQs. Parece ontem em que aqueles que curtiam essas coisas (estranhas e exóticas pras pessoas "normais") sentiam até vergonha (e uma certa intimidação da sociedade) de saírem na rua ostentando esse hobby (quando ainda tinham a "sorte" de encontrar algum produto relacionado). Os tempos mudam (e nem sempre pra pior: como muitas vezes pode parecer)! 

Até+

37 comentários:

  1. E aí Leo, tudo tranquilo?

    Destas "tranqueiras" rs, tenho dois pen drives do homem do ferro, eu acho o máximo, não troco nem vendo, rs.

    Pra lhe causar inveja, rs, na época do lançamento do dvd do filme do quarteto fantástico e surfista prateado, comprando o mesmo, vinha de brinde uma caneca preta com a figura do SURFISTA PRATEADO. Somente tomo meu café nesta xícara, rs.

    Um grande abraço.
    David

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E no primeiro filme, veio uma espuma de barbear e um boneco medonho do Coisa (rs).

      Excluir
  2. Mario Gialuca Junior05/02/2017 09:58

    Bom dia Leo,

    Essas "quiquilharias" (sem ofensas) que fariam qualquer fã de quadrinhos extremamente feliz, são cada vez mais comuns em nosso dia a dia.

    São milhares de produtos diferentes e cada um mais legal do que o outro.

    Infelizmente moramos na república das bananas e, esses produtos, na maioria importados, chegam aqui custando 4, 5, 10 vezes mais do que o preço na "terra santa".

    Uma luminária custa uns $20,00 e aqui você encontra por valores acima de R$200,00.

    Os bonequinhos enfrentam o mesmo problema. Um relativamente simples custa uns 10 ou 15 dólares e aqui compramos acima de R$100,00.

    Tá certo que o II contribui para esse roubo mas vejo muita ganância de quem vende também. Tá certo que esse tipo de produto não é vendido em ONG's mas tem gente que abusa.

    Vou fazer uma sugestão.

    Por que não montar um grupo de interessados em realizar compras no exterior. Quanto mais gente comprando, mais barato fica o frete. Explico:

    Você compra um bonequinho que 15 dólares e paga um frete de 40 dólares. Se comprar dois, o frete sobe para 45, ou seja, "cai pela metade" se forem duas pessoas comprando.

    Tem uma empresa chamada "Shipito" que recebe as entregas, armazena e manda tudo de uma vez para baratear o frete.

    Poderíamos pensar em uma alternativa para montar um grupo de compradoras. O que você acha?

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Putz! Não sei oque é pior Leo.
    Esse produtos licenciados ou um post dedicados a eles! :P

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
  4. leo o graphic novel jla: riddle of the beast foi publicada no brasil? li batman e demon : tragedy e gostei desse estilo super heróis na época medieval.

    ResponderExcluir
  5. Oi Leo!

    Matéria bacana!

    Eu atualmente controlo muito minha excentricidade com relação ao mundo geek em geral!

    Acho que as miniaturas preencheram o "vazio" de adquirir por fora materiais relacionados à quadrinhos e afins!

    Atualmente, de vez em quando compro algum blu-ray de filme de herói que gostei ou alguma série, ou um pôster de filme. Porém, te confesso que tendo a coleção completa de miniaturas Marvel e DC, a dos Batmóveis, Game of Thrones, e os Batman Michael Keaton e Ben Affleck da Hot Toys, eu já estaria satisfeito em matéria de materiais ligados a quadrinhos e afins:

    http://www.hottoys.com.hk/photos/PD1339404179Cjn.jpg

    http://www.hottoys.com.hk/photos/PD1450242872vEp.jpg?1484326160298

    Estas luminárias eu vi ao vivo uma vez e são bem bacanas, mas fora de cogitação pra mim por serem muita "excentricidade" para o meu gosto!

    Os demais itens e acessórios são bacanas, como o relógio do Capitão América, que pra quem coleciona relógios como eu é um ítem interesante, mas jamais o usaria em público, para não pagar mico como um advogado que vi uma vez em uma audiência com a gravata do Pernalonga, onde pelas costas todos comentavam e debochavam.

    Sigo sempre a linha light neste ponto porque a linha é tênue, e a aexcentricidade não deve ultrapassar a barreira do lógico e racional a ponto de prejudicar!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. "Pra lhe causar inveja, rs, na época do lançamento do dvd do filme do quarteto fantástico e surfista prateado, comprando o mesmo, vinha de brinde uma caneca preta com a figura do SURFISTA PRATEADO."


    E aí, David... blz?

    Puxa, q inveja mesmo... ainda mais eu sendo fanzaço do surfista, rs! Não fiquei sabendo dessa tal caneca (acho q nem veio pra cá essa promoção)! Atualmente, tenho uma caneca de "Star Wars" e comprei uma do "Hellboy" pra minha mulher (é o personagem favorito dela no cinema): Mas uma do "surfista" me ajudaria a acordar de bom humor antes do café da manhã, rs!

    E gostei de todos esses pen-drives... Se eu tivesse q escolher apenas 1, acho q eu ficaria com o escudo do "capitão" (em 2º lugar o martelo do "Thor"). Mas esse do "ferroso" tá mto bacana tbm, eu só não escolheria ele pq ainda pretendo ver se consigo aquele mouse com a máscara dele!

    Abs!

    ResponderExcluir
  7. "Infelizmente moramos na república das bananas e, esses produtos, na maioria importados, chegam aqui custando 4, 5, 10 vezes mais do que o preço na "terra santa"


    Oi, Mario... Tdo bem?

    Eu não sei os valores desses produtos lá fora... mas imaginei q viessem inflacionados pra cá (e olha q o dólar andava estável e agora tá tendo até umas quedas nos últimos dias)!

    Aqui no Brasil tem tbm esse fator q vc falou... O pessoal aqui sempre tenta levar VANTAGEM demais em tudo. Faz poucas semanas q excluí um cara xarope do meu face, pois ele vivia me enchendo o saco oferecendo gibis com preços ACIMA do q eu poderia comprar em lojas virtuais (tipo: Um encadernado de 100 pila o cara queria me vender por 80, sendo q na Amazon tava 60, rs). O mesmo acontece nos leilões do "Mercado Livre", onde verdadeiras quadrilhas de pilantras e vigaristas se sustentam às custas de quem ainda insiste em pagar preços abusivos por gibis (q mtas vezes ainda são seguidamente republicados)!

    Todo esse cenário (de uns querendo tirar vantagem em cima de outros)... Acaba gerando uma espécie de "normalidade" em se praticar preços extorsivos em todas os setores ligados ao mundo "nerd" (ou "geek" se preferirem). Mesmo esses produtos licenciados e de modalidades diversas devem passar por essas etapas tbm (até chegarem às lojas com preços mto maiores do q deveriam ter - não duvido q o fato de uma personagem ou franquia estar em alta devido à um sucesso recente do cinema acabe atiçando a ganância de quem tiver esses produtos à venda)!

    Qto à sua sugestão (de se montar um grupo pra compras no exterior)... Eu achei uma boa ideia sim: Mas não sei como faria pra executá-la. Se vc tiver alguma sugestão q torne essa ideia viável, eu tentaria ajudar no q fosse possível. Eu só precisaria q outra pessoa (de repente vc mesmo) organizasse e tomasse a liderança do grupo (e eu ajudasse na divulgação). Se vc topar, é só avisar aí, blz?

    Abs!

    ResponderExcluir
  8. "Putz! Não sei oque é pior Leo. Esse produtos licenciados ou um post dedicados a eles! :P"


    Oi, VAM... blz?

    Sério q vc não curtiu nenhuma dessas tranqueiras? hehe... Tem algumas q são bem toscas mesmo (tipo o "ferro de passar"), mas gostei das luminárias, do gabinete/mouse, dos pen-drives, do chaveiro, e do relógio. A caneca do "Carnificina" eu achei bizarra, mas gostaria de ter por ser um item "TRASH" (por assim dizer, rs)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério, nunca dei valor a essa enxurrada tranqueiras licenciadas.

      Abro exceção apenas para posters, action-figures e estátuas.

      Abs,
      VAM!

      Excluir
  9. "leo o graphic novel jla: riddle of the beast foi publicada no brasil?"


    E aí... blz?

    Já saiu sim... Pela Mythos em 2003, com o título: "A Guerra do Demônio" (em 2 edições). Abaixo a capa do nº 1:

    http://www.guiadosquadrinhos.com/edicao/liga-da-justica-a-guerra-do-demonio-n-1/li06205/21664

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falando no cramulhão, será que um dia sai por aqui o "Demon" de Ennis e McCrea? A Opera Graphica chegou a publicar algo, mas daquele "jeitinho" (p&b e incompleta).

      Lá fora acho que já tem os TPBs...

      Excluir
  10. "Eu atualmente controlo muito minha excentricidade com relação ao mundo geek em geral!"


    Oi, Elcio... Tdo bem?

    Te entendo perfeitamente qto à isso sim... E concordo q dependendo da profissão e dos interesses envolvidos, é preciso termos um certo controle e cuidado com nossas excentricidades. Nem todos podem se dar ao luxo de levantar a "bandeira geek" em público e proclamarem o modo de vida q levam!

    Mas no "MUNDO REAL" (digamos assim)... Nem sempre isso é possível sem botar em risco os próprios interesses (principalmente qdo envolvem trabalho)! Vc citou o exemplo do advogado com gravata de "Pernalonga": é claro q isso não combina e destoa da seriedade q a profissão dele exige, e duvido mto q se o rabinho de alguém estivesse em jogo perante a justiça, se essa pessoa contrataria pra defendê-la um advogado com a gravata do Pernalonga, rs!

    Posso falar até por mim nesse caso... Sendo empresário, tenho reuniões quase toda semana com gente importante no meu ramo (comerciantes, anunciantes, donos de estabelecimentos comerciais próximos) q podem me ajudar a formar parcerias pros meus negócios. Agora imagine eu numa reunião de negócios usando uma camiseta de super-herói, um boné de super-herói, e uma réplica do anel do "Lanterna Verde" em uma das mãos? Aí eu entro na sala de reuniões e peço pra ser levado à sério, pois eu farei todos lucrarem com anúncios e merchandising da minha empresa... Os caras usando Armani, Hugo Boss, e Gucci: E eu com uma camiseta dos "Vingadores", rs!

    Tem hora e lugar pra tudo, né? Tbm adorei adorei esse relógio do "capitão", mas é algo q eu usaria apenas em passeios de lazer (shoppings, lojas de gibis, etc): Nunca numa reunião de trabalho, por exemplo!

    Qto às miniaturas... Sabe q já estou perto do fim? Pela minha lista, me faltam apenas 30 peças somando "Marvel + DC + Especiais + Noite Mais Densa"!

    Claro, q terminada essas 2 principais (Marvel/DC)... Eu seguiria ainda com as miniaturas customizadas e com futuras coleções q estão por vir: "Alien X Predador" (é uma das próximas q mais me interessa)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falando em advogado. Eu tenho uma amiga advogada que faz programa. Ela é tão discreta que nem Facebook ela tem. Whatshap ela só dá pra poucos clientes.Agora,imagine se ela fosse advogada e atriz porno ao mesmo tempo. O pessoal no tribunal iria gozar na cara dela.No bom sentido,claro. Rss

      Excluir
    2. Se a sua amiga tivesse facebook já seria mais difícil administrar as 2 carreiras... Bem q ela faz em se manter afastada dos holofotes das redes sociais, rs!

      Abs!

      Excluir
  11. Sobre esse grupo de compras no exterior, acho um tiro no pé, pois quanto maior o valor da compra, maior a chance de ser tributado, então provavelmente o desconto no frete se perderia na tributação...

    ResponderExcluir
  12. Olá Léo, Blz? Rapaz, nunca vou esquecer o dia em que eu estava usando uma camiseta, veja bem uma inofensiva camiseta, do Superman em uma festa e um amigo veio me perguntar se eu não tinha outra camisa "melhor" para vestir. O pior é que fiquei sabendo que esse mesmo amigo falou para algumas menininhas na festa, provavelmente para fazer graça pra elas, que, quando eu ia tomar banho amarrava a toalha no pescoço e fingia ser O Homem de Aço. Me tornei motivo de chacota durante muito tempo no meio da galera, mas nunca me importei e hoje, mesmo com 38 anos e ficando careca, ainda ponho a toalha no pescoço e grito para minha filha: "Para o alto e avante".

    ResponderExcluir
  13. Então, já que é para vermos quinquilharias nerds, deixo aqui um site http://www.thinkgeek.com/
    Abraço

    ResponderExcluir
  14. Leo, essa matéria me levou a entrar na máquina do tempo e ajustar o relógio embutido no painel de controle para retornar ao glorioso ano de 1985. No retroceder dos anos, no correr das décadas, no passar do tempo e depois de vislumbrar cenas já quase totalmente apagadas e esquecidas pela ação inexorável de Kala - o tempo eterno, lá cheguei. Pelo menos uma parte de mim retornou - a minha mente. Vou explicar.

    O caso é que esses itens temáticos "tocam" muitos colecionadores de quadrinhos. Lembra quando a editora Abril brindou os seus leitores com aqueles chaveiros e, logo em seguida, ou pouco antes, vieram os pôsteres?

    Pois é, foram artigos que fizeram a alegria dos "marvetes" e "decenautas" de então. Ainda hoje tenho reminiscências da felicidade que eu e os colecionadores da época tivemos ao recebermos os chaveiros na compra das revistas.

    A situação ficou ainda mais marcante porque, como exemplo, o chaveiro do Surfista veio, se não me falha a memória, junto a uma das capas mais lindas de Superaventuras Marvel - a de número 33. Que ilustração esplendorosa!!!

    Quem pôde, adquiriu todas as revistas que vinham com o brinde. Seja Marvel ou DC. Então, de acordo com o meu modo de pensar, quase sempre dá vontade de ter um objeto a respeito daquilo que lemos; principalmente quando o assunto é aventura, ficção e fantasia.

    O problema em adquirir tais apetrechos, muitas das vezes, é a grana - ou a falta dela.

    Em tempo, o relógio do Capitão é digamos... "da hora".

    Até a próxima, colega.

    ResponderExcluir
  15. oi leo

    porque voce nao faz um texto sobre revistas raras.Seria muito legal,ja q o sonho de todos nos colecionadores é ter uma raridade em sua coleçao.
    Abraços

    Russell Wilson

    ResponderExcluir
  16. "Sério, nunca dei valor a essa enxurrada tranqueiras licenciadas."


    "Se" é q são mesmo todas licenciadas, VAM...

    Tenho lá minhas dúvidas qto à isso... Essas q postei acima até podem ser, mas tem mta pirateação correndo solta por aí tbm!

    Abs!

    ResponderExcluir
  17. "Sobre esse grupo de compras no exterior, acho um tiro no pé, pois quanto maior o valor da compra, maior a chance de ser tributado, então provavelmente o desconto no frete se perderia na tributação..."


    Oi, BOND... blz?

    Te confesso q já faz um bom tempo q não compro nada importado (devido aos altos custos mensais do material q já sai por aqui)... Mas nas últimas vezes q mandei importar, me reuni com alguns amigos e mandávamos vir caixas bem recheadas da "Amazon" e "Mycomicshop" - aí, rachávamos o frete e demais despesas com o valor proporcional ao q cada um comprava)!

    Sei (de ouvir falar) q as tais tributações e taxas atuais tem inviabilizado mtas importações (é o q eu vejo falarem em outras redes): Mas tenho andado por fora de maiores detalhes a respeito!

    Na minha situação atual... Tenho pelo menos feito listas de TPs pra importar um dia (qdo a situação melhorar pro meu lado)! Pelo menos, o dólar tem baixado (já ajuda)!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já fiz um grupo de compras comigo mesmo. Comprava 2 ou 3 itens iguais e depois revendia aqui. Acabei com um e-shop no Mercado Livre. rs

      Infelizmente, o combo Correios-Receita acabou com a alegria.

      Esse negócio de grupo não dá certo. Sempre que vai ter um enchendo o saco pela demora. E se der merda então (extravio ou taxação), o cara que teve a boa vontade de botar seu nome e cartão de crédito na parada ainda vai ter que ficar ouvindo bobagem.

      Excluir
  18. "Rapaz, nunca vou esquecer o dia em que eu estava usando uma camiseta, veja bem uma inofensiva camiseta, do Superman em uma festa e um amigo veio me perguntar se eu não tinha outra camisa "melhor" para vestir."


    E aí, Zé Márcio... blz?

    De repente (quem sabe) esse seu amigo era marvetinho e quis te sacanear e queimar teu filme com a mulherada, rs... Mas tbm já passei por situações assim, acho q faz parte mesmo (nerd fã de super-herói tbm não deixa - ou deixava - de ser mais uma vítima de preconceito da sociedade, hehe)!

    Hoje em dia... Eu e a minha mulher compramos de vez em qdo algumas camisetas "geek". Na época do filme do "Esquadrão Suicida", comprei 2 pra ela: Uma réplica da camiseta q a "Arlequina" usa no filme e outra com a personagem em relevo fazendo uma bola de chiclete)! E eu, tentei caber numa camiseta do "Lanterna Verde", mas minha barriga de cerveja não permitiu, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  19. "Então, já que é para vermos quinquilharias nerds, deixo aqui um site http://www.thinkgeek.com/ "


    Opa... Valeu mesmo, Dr. Jones: Mas acho q eu preferia não ter visto estes 2 itens em especial:

    http://www.thinkgeek.com/images/products/zoom/jhpv_r2d2_charging_hub.gif

    http://www.thinkgeek.com/images/products/zoom/jhil_sw_mill_falcon_multi-tool_kit.jpg

    Agora a minha carteira ficou querendo pular do bolso, hehe...

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jogando dinheiro na tela. Nada acontece. :(

      Excluir
  20. "Leo, essa matéria me levou a entrar na máquina do tempo e ajustar o relógio embutido no painel de controle para retornar ao glorioso ano de 1985."


    E aí, Michel... blz?

    O ano de 1985 tá entre os melhores q já vivi... As lembranças dos filmes e gibis da época (e tbm a melhor turma q tive no colégio) me fazem reviver esse tempo como se fosse ontem! Foi o ano tbm do 1º "De Volta P/ Futuro" no cinema, hehe!

    Os tais chaveiros Marvel/DC eu me recordo mais destes do LINK abaixo (q são mais antigos):

    https://3.bp.blogspot.com/-9SJK1YxHJpY/VxOl-EAJO7I/AAAAAAAAajU/x0WkS4_u3WopxdQDnQNYZwHO_MK8OFQFQCLcB/s1600/DSC01216.JPG

    Uma coisa q eu gostava na época eram os álbuns de figurinhas... Eu fazia vários: "Guerra nas Estrelas", "Retorno de Jedi", "Homem-Aranha" (seriado de TV), e até um de super-heróis ond eas figurinhas vinham em chicletes "Ping-Pong" (lembro q o álbum fedia a Tutti-Fruti, hahaha - e as traduções dos nomes dos heróis eram tosquíssimas)!

    Recentemente, tive o prazer de vivenciar de novo uma parte desse saudosismo... Qdo comprei o "Manual do Tio Patinhas" e com ele veio junto uma réplica da "moedinha"! Mas enfim: Bons tempos passados mesmo, hein?

    Abs!

    ResponderExcluir
  21. "porque voce nao faz um texto sobre revistas raras.Seria muito legal,ja q o sonho de todos nos colecionadores é ter uma raridade em sua coleçao."


    Oi, Russell... Tdo bem?

    Foi bom vc ter falado nisso... Pois ando pensando em reativar aqui no blog uma antiga coluna q eu mantive por aqui: "HQ Memória" (q trazia uma raridade do passado comentada e reavaliada). A última coluna q postei foi sobre a mini-série: "Robocop X Exterminador do Futuro" (no LINK abaixo):

    http://submundo-hq.blogspot.com.br/2014/06/hq-memoria-robocop-vs-exterminador-do.html

    Lá pro mês q vem eu devo postar a volta dessa coluna com o especial: "Justiceiro Massacra a Marvel" (q saiu aqui pela Pandora)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  22. Livros são isentos de tributação, então TPs passam sem problema, a não ser a demora da receita em liberar a encomenda. Já comprei uns jogos nos EUA e chegaram em 3 dias ao Brasil e ficaram 50 dias parados nas alfândega...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, sim... esqueci de mencionar esse detalhe: Os pacotes de compras q a gente faziam eram apenas com TPs (nada de revistas avulsas com grampo e nem bonecos e tal)!

      Abs!

      Excluir
  23. O vídeo game ficou excelente.

    Abc!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por incrível q pareça, de todos os itens acima o q eu mais queria ter agora é justamente o mais tosco deles: A caneca do "Carnificina", rs!

      Abs!

      Excluir
  24. "Falando no cramulhão, será que um dia sai por aqui o "Demon" de Ennis e McCrea?"


    E aí, doggma... blz?

    Infelizmente, acho mto difícil q saia esse material por aqui... Pois nem mesmo o "Hitman" (tbm de Ennis/Mcrea) a panini demonstra interesse em publicar. Só acreditaria q o "Etrigan" tivesse alguma chance "SE" fizessem um FILME ou seriado dele, rs!

    Abs!

    ResponderExcluir
  25. O ferro do Homem de Ferro é tão tosco quanto genial.

    Infelizmente, brasileiro já percebeu que uma estampa geek é suficiente para inflacionar um item em uns 200%. E nem sempre a qualidade acompanha o valor.

    ResponderExcluir
  26. "Esse negócio de grupo não dá certo. Sempre que vai ter um enchendo o saco pela demora."


    Oi, SEMI... blz?

    Já tivemos um caso famoso assim envolvendo um artista q faz miniaturas customizadas de fora... Me esqueci de q país da Europa ele é, mas rolou um quebra com ele e um monte de colecionadores daqui num grupo do face:

    O artista tinha razão em ter se irritado... E declarou q não envia mais peças pro Brasil. Segundo ele: "o brasileiro é impaciente demais e não entende q uma peça custom precisa de TEMPO pra ser BEM-feita". Eu já fiz encomendas de peças q levaram mais de meio-ano pra serem finalizadas, mas sempre tive paciência pra esperar (o q importa é a encomenda vir perfeita depois)!

    Abs!

    ResponderExcluir
  27. "Infelizmente, brasileiro já percebeu que uma estampa geek é suficiente para inflacionar um item em uns 200%. E nem sempre a qualidade acompanha o valor."


    Pois é, SEMI... Tem malandro q é rápido pra detectar uma boa oportunidade de tirar vantagem de alguém, rs (e descobriram o VERME a ser alimentado nos colecionadores de gibis e tranqueiras, hehe)!

    Abs!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...